21.4 C
Caminha Municipality
Sexta-feira, 24 Maio, 2024
spot_img
InícioNotíciasPaísPaís: Região Demarcada dos Vinhos Verdes distingue 4 produtos com chancela Grande...

País: Região Demarcada dos Vinhos Verdes distingue 4 produtos com chancela Grande Ouro

A edição 2024 do Concurso da Região Demarcada dos Vinhos Verdes premiou, na noite de hoje, quatro produtos com a chancela Grande Ouro e 11 com a de Ouro num total de 242 amostras em prova para 14 categorias.

Num evento, que decorreu esta noite na Alfândega do Porto, foram premiado com a chancela Grande Ouro o Cícero Alvarinho 2021 e o Via Latina Grande Reserva Branco 2018, na categoria Grandes Vinhos com Estágio, o Vila Nova Azal 2023 na categoria Grandes Vinhos Jovens e o Messala Alvarinho Bruto 2019 na de Vinhos Espumantes.

“A Região Demarcada dos Vinhos Verdes apresenta uma grande variedade de castas e de perfis de vinhos que permitem, em cada edição, destacar o trabalho de diferentes produtores nas várias categorias”, referiu no evento a presidente da Direção da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV).

A responsável destacou que “a participação na categoria vinhos com estágio tem vindo a aumentar” quer no concurso, quer disponíveis no mercado, o que, disse, é o “reflexo da integração de novas categorias de valor mais elevado nos portfolios dos produtores da Região”.

A destacar, além dos agraciados com a chancela Grande Ouro, foram premiados, na categoria Grandes Vinhos Jovens o Abcdarium Arinto 2023, o Dona Paterna Reserva Alvarinho 2022, o Pecado Capital Premium Alvarinho Avesso 2023, o Portal do Fidalgo Reserva Alvarinho 2023, o Quinta dos Encados Grande Escolha 2023, o Quinta de Gomariz Colheita Seleccionada Alvarinho 2023, o Quinta da Raza Colheita Seleccionada Alvarinho 2023, o Vila Nova Azal 2023, o Quinta de Balão Vinhão 2023 e o Tapada dos Monges Vinhão 2023.

Na categoria Grandes Vinhos com Estágio foram distinguidos o Cícero Alvarinho 2021, o Marquês de Lara Reserva Avesso 2017 e o Via Latina Grande Reserva Branco 2018 e nos Vinhos Espumantes o Messala Alvarinho Bruto 2019 e o Quinta da Raza Bruto Natural 2019.

Em prova cega estiveram 242 amostras, entre as quais o júri destacou aqueles produtos na categoria Ouro e 55 na categoria Prata.

As amostras a concurso foram avaliadas por um júri constituído por elementos da Câmara de Provas da CVRVV, Bento Amaral, Tim Hogg (Escola Superior de Biotecnologia – Universidade Católica do Porto), Francisco Campos (Amorim Cork, S.A.), Isabel Afonso (Instituto Politécnico de Viana do Castelo – IPVC), Daniela Costa (ViniPortugal), Maria João Rocha e Elsa Pires (Instituto dos Vinhos do Douro e Porto – IVDP), Miguel Martelo (CVR Dão), Ana Miquelino (CVR Távora Varosa), Manuel Carvalho e José Augusto Moreira (Jornal Público), José João Santos e Marc Barros (Revista de Vinhos).

A nível internacional participaram Charles Metcalfe (UK), Sang Mi Kim (Coreia do Sul), Claudia Juarez (México), Alexandre Takkei (Brasil), Brad Royale (Canadá) e Laura Williamson (EUA), para além de enólogos da Região e da Junta de Recurso da CVRVV.

LUSA

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares