22.1 C
Caminha Municipality
Sexta-feira, 12 Abril, 2024
spot_img
InícioNotíciasPaísPaís: Mais de 1.250 acidentes e 511 pessoas detidas em operação da...

País: Mais de 1.250 acidentes e 511 pessoas detidas em operação da PSP durante a Páscoa

Mais de 1.250 acidentes rodoviários foram registados pela PSP até sábado durante a operação especial de vigilância “Páscoa Segura”, iniciada em 22 de março, período em que deteve um total de 511 pessoas, anunciou hoje esta polícia.

Num comunicado, a PSP faz um balanço da operação especial de vigilância devido ao período da Páscoa, iniciada em 22 de março, destacando que até sábado, na sua área de intervenção, deteve 511 pessoas e registou 1.259 acidentes rodoviários, dos quais resultaram 341 feridos leves, 13 feridos graves e uma vítima mortal que resultou de uma situação de atropelamento.

As detenções foram sobretudo por crimes rodoviários, nomeadamente 120 por condução sob o efeito do álcool e 96 por falta de habilitação legal para conduzir.

No mesmo período, foram detidos 63 suspeitos por tráfico de droga, tendo sido apreendidas mais de 9.400 doses individuais, e 52 pessoas por crimes contra a propriedade (burlas, furtos e roubos).

Em todo o território nacional, a PSP fiscalizou 19.644 condutores e controlou por radar 60.562 viaturas, das quais 656 circulavam em excesso de velocidade, o que corresponde a mais de 15% do total das infrações verificadas.

Foram registadas 4.330 contraordenações, nomeadamente 91 por condução sob o efeito do álcool, 430 por falta de inspeção periódica obrigatória, 143 por falta de seguro de responsabilidade civil, 96 por uso do telemóvel durante a condução e 43 por falta de utilização do cinto de segurança.

Desde dia 22, a PSP apreendeu ainda 18 armas de fogo e 30 armas brancas, no seguimento de 19 detenções efetuadas por posse de armas proibidas.

A PSP já tinha anunciado ainda, em balanços anteriores, a apreensão de mais de 395 quilogramas de material explosivo.

Na nota, a PSP apela novamente aos cidadãos para que conduzam em segurança, adaptando a sua condução às condições meteorológicas e às características da via.

Recorda igualmente que a condução em excesso de velocidade é uma das principais causas da sinistralidade rodoviária.

Lusa

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares