Em 21 Março, 2014 Por Em O Concelho em Notícia

Informação Municipal – 21 Mar. 2014

PEDRO CORREIA: “O CLUBE ANDEBOL DE CAMINHA É MUITO MAIS DO QUE UM CLUBE DESPORTIVO”

CAC-735x524

A completar 27 anos de história o Clube Andebol de Caminha (CAC) pauta-se pela vontade de formar, através da prática desportiva, cidadãos mais conscientes e interventivos, mas também pela vontade de preservar o legado histórico daqueles que contribuíram para a criação e o crescimento do clube. Assim, no sábado, dia 22, o CAC realiza a “Homenagem aos Fundadores”, com jogos de andebol que vão juntar o presente e o passado do clube.

“O CAC surgiu de um conjunto de pessoas que há um quarto de século sonhou que era possível criar melhores cidadãos, através do andebol”, explica Pedro Correia, presidente da direção do clube. “Houve um aproveitar de algum desenvolvimento da modalidade no concelho”, diz. Surgiram equipas primeiro em Moledo, depois no Centro de Bem-Estar Social de Seixas. Mas foi pelas mãos de Fernando Lima, que no final da década de 80 foi fundado o Clube Andebol de Caminha.

Depois de ter criado a secção de andebol no Grupo Desportivo de Benavente, no início da década de 80, Fernando Lima acreditou que era possível fazer o mesmo em Caminha e criar uma equipa de andebol de raiz. “Sonhou, acreditou e convenceu os amigos”, entre eles António Terra, Artur Lima e Alcides Amorim, de que era possível fazê-lo, conta Pedro Correia. Surge então o CAC a 6 de outubro de 1987.

Na altura, o clube arrancou com mais de uma centena de atletas, divididos por 5 escalões masculinos e 1 feminino. Com trabalho e dedicação foram conquistando bons resultados e no início dos anos 90, a equipa de juvenis alcança o 5º lugar nacional. “Foi o resultado mais forte até hoje”, destaca o presidente.

Ainda nos primeiros anos de existência, o clube começa a organizar um torneio internacional masculino, no qual participavam as melhores equipas nacionais e algumas das melhores equipas internacionais. Em 1989, o CAC estreia-se na organização de um torneio internacional feminino. “Temos uma tradição muito forte no feminino”, realça Pedro Correia.

Atualmente, o clube conta com 30 atletas nos escalões Bambis, Minis e Infantis, mas está recetivo à entrada de atletas de outras idades, que possam integrar outros escalões. “Estamos a fazer um trabalho forte de captação de atletas” explica Pedro Correia e acrescenta: “temos um interesse muito grande em captar atletas, sócios e patrocinadores”.
Assim, os interessados em praticar andebol podem aparecer às quartas e sextas-feiras, durante a tarde, no Pavilhão Desportivo Municipal de Caminha.

Por agora, o objetivo passa por treinar os mais pequenos e tornar as equipas competitivas. Mas mais do que a formação competitiva, o presidente da direção realça a formação de outras competências, sobretudo ao nível da cidadania. “O Clube Andebol de Caminha é muito mais do que um clube desportivo. Participamos na formação desportiva de muita gente, mas também no desenvolvimento de competências gerais, como a capacidade de trabalhar em equipa, a combatividade, a vontade de vencer”, afirma. O objetivo é “formar cidadãos mais conscientes, mais interventivos”, acrescenta.

“Se no meio de tudo isto conseguirmos formar campeões, melhor ainda”, remata.

Clube presta homenagem aos fundadores no sábado

“Não é possível perspetivar o futuro da associação, sem perceber o presente e louvar o passado”. Pedro Correia explica que o objetivo da iniciativa é homenagear todos os fundadores, atletas, treinadores que ajudaram a criar o cube. “Queremos alargar esta homenagem e chamar a nós todas as pessoas que estão ligadas a nós e queremos celebrar aquilo que esta gente nos deixou”.
Assim, será entregue às famílias uma placa de homenagem, para demonstrar a importância que os fundadores tiveram na dinamização da modalidade no concelho e na formação de muitas pessoas.

A direção do clube deixa ainda um apelo à “participação massiva” da população na iniciativa. Esta homenagem marca também a vontade do clube em “crescer”. “Queremos reativar a atividade desportiva e levar a memória do passado para o futuro”, remata Pedro Correia.
Programa da “Homenagem aos Fundadores”
(Pavilhão Desportivo Municipal de Caminha)

15H00 – CAC VS ESTRELA VIGOROSA SPORT
(BAMBIS/MINIS)

16H30 – VETERANAS CAC VS SENIORES CAC

17H30 – JUNIORES CAC VS SENIORES CAC

19H00 – HOMENAGEM AOS FUNDADORES
CAC GOLD VS PORTO VINTAGE

21H00 – Jantar convívio Restaurante “D. Matilde”
(inscrição prévia)

Contatos:
clubeandebolcaminha@gmail.com
TLM: 962893684

Tags : ,

Acerca de

Jornal C