18.6 C
Caminha Municipality
Terça-feira, 25 Junho, 2024
spot_img
InícioDistritoCaminhaCaminha: Projeto Florestal junta Rotary de Caminha, Baldio de Riba de Âncora...

Caminha: Projeto Florestal junta Rotary de Caminha, Baldio de Riba de Âncora e Câmara Municipal

O Rotary Club de Caminha, numa parceria com o Baldio da freguesia de Riba de Âncora e a Câmara de Caminha, está a desenvolver um projeto florestal, que tem como objetivo sensibilizar a população para o problema atual da floresta e a forma como o mesmo poderá ser contrariado ou resolvido de uma forma sistémica e articulada.

Há um ano atrás, o então Governador do Distrito 1970 do Rotary, desafiou todos os presentes no jantar festivo da VOG (Visita Oficial do Governador), para que se plantassem 5000 árvores numa parcela do Baldio de Riba de Âncora que sofreu o flagelo do fogo em 2016.

O desafio não foi esquecido e na passada quinta-feira iniciaram-se os trabalhos de limpeza da parcela para que em novembro se comece a plantação. Essas plantações serão preservadas e aumentadas ao longo do tempo para que a parcela visitada se torne uma floresta diversificada, livre de invasoras tais como a austrália e a háquea. Serão envolvidos os estabelecimentos de ensino do município, a população em geral e o movimento Rotário. A preservação do espaço florestal ficará a cargo do Baldio, utilizando o seu equipamento e um rebanho de cabras bravias.

Estas 3 instituições às quais se pretende que se juntem muitas outras, a pouco e pouco (mas de uma forma persistente), iniciarão um trabalho que nasce da necessidade de olharmos para a floresta de uma forma não imediata e na qual todos têm um papel primordial de na consciencialização e responsabilidade na sua defender, na preservação dos recursos florestais, ambientais, aquáticos, da biodiversidade e na luta pela amenização das alterações climáticas.

A burocracia, a ânsia de se verem resultados imediatos faz com que na floresta se realizem ações que têm muito impacto no momento, mas depois nada ou pouco é feito para continuar a melhorar os espaços florestais.

Não se procuram financiamentos que muitas vezes esbarram em muros burocráticos e só levam ao desgaste das pessoas e das instituições, continuando tudo na mesma.

Riba de Âncora orgulha-se de ter instituições que trilham um caminho na mesma direção. Com a ajuda do município e da boa vontade de muitos parceiros, utilizando recursos financeiros do Baldio procurou encontrar soluções para que o Baldio continue o seu trabalho de preservação de um património florestal que sirva a todos. O Baldio procurou encontrar o melhor investimento para que se possam realizar as limpezas e a condução da floresta, procurou soluções inovadoras, não deixando de olhar para toda a freguesia apoiando os projetos que trazem o bem estar à população.

Constatou-se esse trabalho articulado na visita realizada nos Sete Caminhos e no Souto do Rego Grande em Riba de Âncora.

Nos Sete Caminhos a equipa de Sapadores Florestais demonstrou aos presentes o trabalho que se é capaz de realizar com equipamento florestal apropriado e o trabalho que 150 cabras bravias realizam na limpeza da floresta.

No Souto do Rego Grande, o investimento realizado na plantação de castanheiros, no estábulo onde é resguardado o rebanho de cabras e ovelhas, o equipamento tecnológico que ajuda a gerir o espaço, tais como as câmaras de vigilância, os painéis fotovoltaicos, a captação de água para as diversas charcas, o trabalho de parceria com o clube de caçadores.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares