12.5 C
Caminha Municipality
Quinta-feira, 29 Fevereiro, 2024
spot_img
InícioDistritoCaminhaReunião de Câmara: Município aprova amanhã novos apoios ao Triatlo Longo de...

Reunião de Câmara: Município aprova amanhã novos apoios ao Triatlo Longo de Caminha

Datas já são conhecidas. Triatlo Longo realiza-se a 18 de Maio, Meia Maratona a 15 de Junho e São Silvestre a 7 de Dezembro. Estas provas, apoiadas pelo município, obrigam a cortes de trânsito extensos nos acessos a Caminha e trazem inúmeros transtornos a moradores, comerciantes, visitantes e turistas.

O Executivo caminhense liderado por Rui Lages leva amanhã a aprovação em reunião de câmara o protocolo de apoio à organização do Triatlo Longo, VIII Meia Maratona e VI Corrida de São Silvestre em 2024. Serão amanhã conhecidos os valores que o município propõe protocolar com a Associação Triatlo de Caminha.

A prova de Triatlo Longo realiza-se desde 2013, e este ano decorrerá a 18 de Maio, sábado.

Triatlo

Recorde-se que estes eventos obrigam a múltiplos cortes de trânsito no concelho de Caminha.

O acesso à vila raiana da foz do minho torna-se praticamente “impossível” durante a realização da prova do Triatlo Longo de Caminha para moradores de todo o concelho, visitantes e turistas. Os cortes de trânsito prejudicam ainda o negócio de comerciantes e proprietários de restaurantes, que vêem nesse dia o seu movimento cair quase para zero, levando mesmo a que muitos destes negócios tenham fechado portas no passado ano no dia em que se realizou a última prova.

Este e outros eventos, que limitam o acesso ao centro histórico de Caminha e os acessos ao concelho têm sido motivo de múltiplos reparos pela oposição em reunião de câmara.

Ainda a 5 de Julho do ano passado, quando os comerciantes de Caminha manifestaram na reunião do executivo as dificuldades criadas pelo encerramento do Centro Histórico no período de verão e em outras épocas, o vereador da oposição, eleito pela Coligação o Concelho em Primeiro, Nuno Valadares, alertou para os prejuízos que causam alguns eventos em Caminha por não estarem corretamente planeados, nomeadamente na sua localização, horários e passagens. O autarca considera mesmo que deveria ser feita uma avaliação rigorosa do impacto económico destes eventos, por serem apoiados quase na totalidade com dinheiro municipal.

Os comerciantes e moradores queixam-se ainda de não serem avisados atempadamente de forma a minimizar os impactos negativos destas atividades nos seus negócios, podendo assim encerrar os seus estabelecimentos sem custos acrescidos de pessoal ou desperdício de stocks quando não há faturação suficiente para o seu funcionamento, minorando desta forma maiores prejuízos. Muitas vezes não são sequer avisados ou recebem o aviso umas horas antes.

Recorde-se que ainda em Dezembro, o município de Viana do Castelo, ao contrário de Caminha, alterou o horário da 10ª Corrida de São Silvestre naquela cidade para não prejudicar a atividade do comércio local.

Em Caminha, a última corrida de S. Silvestre em plena época natalícia, impôs novo corte de trânsito a 9 de Dezembro, um dia depois de um feriado em quase toda a Europa e um dos poucos fins de semana prolongados sem chuva para fazer as tradicionais compras de presentes no comércio local, em prejuízo da atividade económica, em mais uma prova dirigida a um grupo restrito de praticantes.

O concelho de Caminha é um espaço natural diverso e extenso, com muitas alternativas à realização de eventos outdoor, fora do espaço urbano, garantindo dessa forma a normal vivência destas áreas não só para turismo mas também para o acesso de locais a serviços e bens que não se encontram na província noutras localizações, o que torna estas medidas ainda mais restritivas e segregadoras.

Desconhece-se ainda se haverá na proposta a aprovar amanhã alteração aos percursos.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares