21.4 C
Caminha Municipality
Domingo, 14 Julho, 2024
spot_img
InícioNotíciasDistritoPonte de Lima: 19 dias de música clássica, erudita e contemporânea em...

Ponte de Lima: 19 dias de música clássica, erudita e contemporânea em julho

A XIV edição do Festival Percursos da Música de Ponte de Lima realiza-se a partir de sábado e prolonga-se por 19 dias de espetáculos gratuitos de música clássica, erudita e contemporânea, revelou hoje o município.

Em comunicado, aquela autarquia do distrito de Viana do Castelo esclarece que pretende “continuar a manter o cariz único, diferenciador e distintivo” do evento, com uma oferta de concertos eclética, para diversos públicos, com músicos e grupos de renome nacional e internacional.

“Propõe-se uma linha programática coerente entre estilos musicais, intérpretes, instrumentos, formações, e este ano, dada a sua pertinência, alguns espetáculos terão como foco as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril, o V centenário do nascimento de Luís de Camões e os 25 anos da morte de Amália Rodrigues”, descreve.

A abertura do festival cabe a Rui Massena a Solo, com um espetáculo que contém uma passagem pelos quatro álbuns do músico.

Já a 31 de julho, no encerramento, Mário Laginha e Pedro Burmester assinalam os 50 anos do 25 de Abril de 1974 com um reportório constituído por grandes canções de músicos portugueses de excelência como José Mário Branco, Sérgio Godinho, José Afonso e Fausto Bordalo Dias.

A iniciativa acolhe também o Piano Festival & Masterclasses, uma semana de cursos intensivos de piano realizada pela A EPTA-Portugal, uma associação de pianistas e professores de piano, membro da European Piano Teachers Association (EPTA -Europe).

Daqui resulta um conjunto de concertos, nomeadamente A Lírica de Camões, com Dora Rodrigues (soprano), Luís Pipa (piano) e António Durães (ator), a 16 de julho; ou, a 18 de julho, Da mão esquerda do piano romântico às raízes populares da música turca, Hande Dalkiliç.

No dia 20 de julho há Percursos europeus, com Anne Mercier (violino), Sébastien Paul (violoncelo) e Duo Jost Costa (Piano a 4 mãos) e, no dia 21 de julho, Concerto de encerramento da Masterclasse EPTA Portugal.

Também sobem ao palco músicos limianos e/ou residentes em Ponte de Lima, como é o caso do projeto Amália 25, que integra o limiano Luís Grego (clarinete), juntamente com Maria João Matos e Sara Llano (violinos), Precília Diamantino (Viola d’arco) e Rogério Medeiros (violoncelo), no dia 15 de julho.

A 22 de julho, há Diálogos musicais através dos tempos, com a participação do limiano Jorge Sousa (clarinete) e Isolda Crespi Rubio (piano).

No dia 24 de julho o palco é do espetáculo de apresentação dos Laureados do X Concurso Internacional de Sopros do Alto Minho e do I Concurso Internacional de Canto do Alto Minho, promovido pela Academia de Música Fernandes Fão, em Ponte de Lima.

A APPACDM de Ponte de Lima apresenta, a 26 de julho, o espetáculo À margem, onde poderá assistir-se ao resultado do trabalho desenvolvido nos workshops de uma residência artística no âmbito do CriArte 2024.

No dia 28 de julho, o Trio Eire, com a participação da harpista Eleonor Picas, Carolina Magalhães (violino) e Beatriz Magalhães (violoncelo) leva ao palco o espetáculo Danças Intemporais.

A Escola de Jazz do Porto mostra-se no dia 17 de julho, na Praceta do Paço do Marquês, com o Tributo ao compositor Johnny Green (1908-1989).

A 29 de julho, A Música na Poesia Camoneana, por Luísa Barriga (soprano) e António Oliveira (piano), surge num recital de celebração dos 500 anos do nascimento de Luís de Camões (1524-2024) composto por canções de vários compositores portugueses

Todos os espetáculos são gratuitos, de lotação limitada ao espaço e realizam-se sempre às 22:00.

Lusa

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares