18.8 C
Caminha Municipality
Sábado, 19 Setembro, 2020
Início Notícias Distrito Metaloviana comemora 35º aniversário com homenagem aos funcionários

Metaloviana comemora 35º aniversário com homenagem aos funcionários

Três esculturas de cinco metros de altura, do conceituado artista internacional Zadok Ben-David, são os símbolos escolhido pela Metaloviana para homenagear os seus funcionários por ocasião do seu 35º aniversário. O momento solene decorrerá na próxima sexta-feira, pelas 17h30m, na empresa vianense – que tem mais de 200 funcionários e movimenta cerca de 20 milhões de euros por ano – e contará com a presença do artista e do presidente da Camara Municipal de Viana do Castelo.

“Esta é uma homenagem que queremos fazer aos nossos funcionários, aos atuais, aos que passaram pela empresa e aos que já faleceram, pois eles são o eixo fundamental de tudo o que fazemos”, revelou o administrador Morais Vieira.

A empresa foi criada há 35 anos, tendo arrancado a atividade com 30 funcionários. Hoje ultrapassa já as duas centenas, entre as quais se encontram as mais diversas relações familiares: casais, irmãos e pais e filhos. “Isto é um motivo de orgulho pois, para a Metaloviana, o que conta primeiro são as pessoas e ter na empresa tantas pessoas ligadas familiarmente é para nós, um espelho disso mesmo”, disse Morais Vieira.

A empresa vianense tem neste momento 70 por cento da sua produção dedicada á exportação para clientes de prestígio internacional. Para além dos seus postos de trabalho, a Metaloviana contribuiu para a manutenção de imensos postos de trabalho indiretos. “Fazemos questão de trabalhar e recorrer no outsourcing a empresas da região, ajudando assim também a economia local”, revelou o administrador.

Para além disso tem sido feita uma aposta na investigação e desenvolvimento, com a presença no quadro de cerca de 20 por cento de quadros técnicos qualificados. Também a ligação ás escolas não foi esquecida, sendo que, nestes 35 anos de existência, passaram pela Metaloviana mais de mil alunos em estágios.

Atualmene a empresa tem as suas instalações na Zona Industrial do Neiva, ocupando uma área de 15 mil metros quadrados de zona fabril e de 60 mil metros quadrados na plataforma logística de exportação. E será neste espaço que as esculturas, simbolizando as tarefas dos funcionários ficarão instaladas.

Morais Vieira convidou Zadok Ben-David para a criação das mesmas. Nascido em 1949 no Yemen, acabaria por imigrar para Israel, vivendo atualmente no Reino Unido, onde estudou na St. Martin’s School of Art.  Em 1988, Ben-David representou Israel na Bienall de Veneza, tendo exposto com a sua maior exposição individual no Guangdong Art Museum em Guangzhou, China, na Primavera de 2007.
Entre os prémios internacionais que conquistou conta-se o “Grande Biennial Prémio at the XIV Biennale Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira, Portugal 2007” e o “Tel Aviv Museum prize for sculpture 2005”. Em 2008, foi convidado para a realização de uma escultura para os Jogos Olímpicos de Beijing
A sua última obra “Human Nature” exposta no Tel Aviv Museum, provocou a quebra dos recordes de afluência registados nos 30 anos de existência daquele museu.

Cidália Aldeia
Cidália Aldeia
Chefe de Redação
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

Viana do Castelo: Município decreta dois dias de luto pela morte de D. Anacleto Oliveira

A Câmara de Viana do Castelo decretou esta noite dois dias de luto municipal pelo falecimento do bispo da diocese do Alto Minho, D....

Distrito: Faleceu D. Anacleto Oliveira Bispo de Viana do Castelo

O bispo de Viana do Castelo, Anacleto Oliveira, de 74 anos, morreu hoje na sequência do despiste do automóvel que conduzia na Autoestrada 2...

Covid 19: Número de casos ativos em Caminha desce para 12

Desceu para 12 o número de casos ativos de COVID 19 no concelho de Caminha segundo os dados revelados hoje pela Unidade Local de...

País: Fronteiras com Espanha vão manter-se abertas

Portugal e Espanha consideram que a atual situação da pandemia é diferente da registada em março, justificando medidas cirúrgicas e pontuais, e não vão...