21.4 C
Caminha Municipality
Sexta-feira, 24 Maio, 2024
spot_img
InícioNotíciasDistritoViana do Castelo: Câmara aprova adjudicar transportes no Alto Minho a operadora...

Viana do Castelo: Câmara aprova adjudicar transportes no Alto Minho a operadora Alsa

A Câmara de Viana do Castelo aprovou hoje a adjudicação do serviço público de transporte de passageiros nos municípios do Alto Minho, por mais de 21,6 milhões de euros, à operadora Nex Continental Holdings (conhecida como Alsa).

A decisão foi tomada na reunião ordinária do executivo municipal, com os votos favoráveis dos cinco elementos do PS e dos vereadores do PSD e CDU, e com a abstenção do CDS-PP.

O vereador independente Eduardo Teixeira não esteve presente na sessão por se encontrar a participar na campanha eleitoral para as eleições legislativas antecipadas como cabeça de lista do Chega pelo distrito de Viana do Castelo.

O grupo espanhol Alsa venceu o concurso público internacional, lançado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, em novembro de 2023, para o serviço público de transporte de passageiros durante quatro anos.

A proposta apresentada pela operadora Alsa foi aprovada, em fevereiro, em reunião do Conselho Intermunicipal da CIM do Alto Minho, depois de concluído o relatório preliminar do júri do concurso público internacional.

A proposta técnica do júri do concurso tem de ser validada por todos os executivos municipais da região.

Do valor total do serviço público de transporte de passageiros nos 10 concelhos do Alto Minho, o município de Viana do Castelo representa a maior fatia, com 8.579.561,60 euros, que corresponde ao preço unitário por quilómetro de 2,07 euros, despesa hoje aprovada na reunião ordinária do executivo municipal.

Segundo a proposta apresentada pelo presidente da Câmara, Luís Nobre, “a despesa tem projeção plurianual e está prevista no orçamento da Câmara Municipal de Viana do Castelo para 2024”.

Após a adjudicação do serviço de transportes públicos à Alsa e a aprovação da verba que cabe a cada município, o processo segue para apreciação pelo Tribunal de Contas.

“Espero que este processo se conclua o mais rapidamente possível a bem dos utentes, porque esta prestação de serviços é uma necessidade”, afirmou o autarca socialista, sublinhando que o objetivo é “agilizar a mobilidade dentro do distrito de Viana do Castelo”.

Lusa

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares