16.4 C
Caminha Municipality
Sábado, 22 Junho, 2024
spot_img
InícioNotíciasDistritoViana do Castelo: Bispo preside à Missa do Dia de Natal na...

Viana do Castelo: Bispo preside à Missa do Dia de Natal na paróquia de Lavradas

O bispo de Viana do Castelo vai presidir à Missa do Dia de Natal na comunidade paroquial de Lavradas, onde a igreja foi destruída por um incêndio na madrugada desta segunda-feira.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a Diocese de Viana do Castelo pede a todas as paróquias que destinem as ofertas por altura da veneração da imagem do Menino Jesus nas Eucaristias de Natal à reconstrução do templo, construído no século XVII.

“Sugerimos que as esmolas recolhidas em todas as Paróquias da Diocese, nas Eucaristias de Natal, por altura da veneração da imagem do Menino-Jesus, sejam canalizadas para as obras de recuperação do templo”, refere a Diocese de Viana do Castelo em comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

Num documento assinado pelo bispo diocesano, D. Anacleto Oliveira, indica-se que as “esmolas devem ser entregues diretamente ao Pároco ou depositadas na conta da Fábrica da Igreja Paroquial de Lavradas, cujo IBAN é o seguinte: PT50003506330000752643119”.

A Agência ECCLESIA apurou que o bispo de Viana do Castelo vai presidir à Missa do Dia de Natal na paróquia de Lavradas, celebrada agora na sede da Junta de Freguesia.

Na sua mensagem, D. Anacleto Oliveira solicita a “ajuda fraterna” de toda a diocese para esta paróquia “irmã”.

“Mostremos, nesta hora, como diocesanos de Viana do Castelo, que estamos unidos a Jesus Cristo e, através d’Ele, a todas as pessoas que fazem parte desta comunidade e que atravessam um momento difícil. Façamo-lo através da comunhão que nos une como cristãos da mesma Diocese e como cidadãos do mesmo país”, afirma D. Anacleto Oliveira no comunicado.

A igreja paroquial de Lavradas foi destruída por um incêndio na madrugada do dia 18 de dezembro; o alerta foi dado perto das cinco da manhã, mas quando os bombeiros chegaram ao local já não havia nada a fazer, a igreja tinha sido completamente tomada pelas chamas.

A única divisão que foi possível preservar do fogo foi a zona da sacristia.

Por agora, a comunidade católica local vai passar a celebrar a Eucaristia na sede da Junta de Freguesia e da Associação Lavradas.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares