14.7 C
Caminha Municipality
Sábado, 22 Junho, 2024
spot_img
InícioNotíciasDistritoPonte de Lima: Festival Percursos da Música arranca amanhã

Ponte de Lima: Festival Percursos da Música arranca amanhã

O Festival Percursos da Música na sua edição de 2023, pretende continuar a manter o seu cariz único, diferenciador e distintivo, com uma oferta de concertos eclética, para diversos públicos, com músicos e grupos de renome nacional e internacional. Uma vez mais, conta com dezassete dias de um programa de espetáculos culturais, em sucessão contínua, que passa pela música clássica, erudita e contemporânea, de 15 a 31 de julho.

Promovido pelo Município de Ponte de Lima, o Festival Percursos da Música propõe uma linha programática coerente entre estilos musicais, intérpretes, instrumentos, formações, assim como também na sua distribuição pelos espaços, enaltecendo enquadramentos arquitetónicos únicos da vila de Ponte de Lima e Além da Ponte (Arcozelo), sem recurso a equipamentos técnicos que descaracterizem o meio envolvente, aproveitando as possibilidades dos lugares selecionados pelo património histórico, abrindo portas para a fruição cultural.

Destaques no dia 15 de julho, para a abertura do Festival, António Chainho com O Abraço da Guitarra, apresenta o 10.º trabalho de originais e também um tributo aos grandes Mestres do Fado, que marca para além dos 60 anos de carreira, os 85 anos de vida de António Chainho; no dia 31 de julho, para encerramento do Festival, Rodrigo Leão com Piano para Piano, espetáculo que para além de Rodrigo Leão contará com a presença de Rosa, sua filha, com 19 anos e será também ela que irá acompanhar o pai agora neste espetáculo, numa viagem ao maravilhoso desconhecido com assinatura de um dos mais celebrados compositores portugueses.

A EPTA-Portugal é uma associação de pianistas e professores de piano, membro da European Piano Teachers Association (EPTA -Europe). Sob a presidência do pianista e pedagogo Luís Pipa, a associação tem realizado anualmente, com o apoio do Município de Ponte de Lima, o Piano Festival & Masterclasses, combinando uma semana de cursos intensivos de piano durante o mês de julho, numa quinta de Ponte de Lima, com a realização de um conjunto de concertos integrados no Festival Percursos da Música que, no presente ano, contemplam os seguintes: no dia 16 de julho, Lorena Paz Nieto (soprano) e Albert Nieto (piano) com Cantando A Dos Poetisas: Canciones sobre poemas de dos poetas pioneirasdel S. XX; no dia 18 de julho, Pianista – compositor: Obras para Piano e Música de Câmara de Luís Pipa, com Luís Pipa (piano), Vera Fonte (piano), Francisco Pinto (violino) e Maria Soeiro (violoncelo); no dia 20 de julho, com o espetáculo Classic, romantic… and beyond, com Murray McLachlan (piano); e no dia 21 de julho, pelas 18.00 horas, concerto de encerramento da Masterclasse EPTA Portugal.

Salienta-se a aposta na participação de jovens talentos limianos no “Festival Percursos da Música”: no dia 19 de julho, o Ensemble de Saxofones da Universidade do Minho, que integram os limianos Carla Pereira e Tiago Fernandes; no dia 21 de julho a APPACDM de Ponte de Lima apresenta o espetáculo Propaganda, onde poderá assistir-se ao resultado do trabalho desenvolvido nos workshops de uma residência artística no âmbito do CriArte 2023 e, no dia 22 de julho, o espetáculo INfluências, com participantes de diversas associações locais, agentes culturais e artísticos; no dia 25 de julhoo espetáculo de apresentação dos Laureados do XIX Concurso Internacional de Sopros do Alto Minho, promovido pela Academia de Música Fernandes Fão, em Ponte de Lima; e no dia 27 de julho, o Trio 2091, com a participação do oboísta limiano Joel Vaz, que juntamente com Pedro Barbosa (contrabaixo) e Vasco Valente (clarinete) propõe apresentação de um repertório eclético e diversificado, tocando desde música barroca, passando por tangos de Piazzolla e originais escritos para o grupo.

A presença do Jazz marca o Festival com a Escola de Jazz do Porto, no dia 26 de julho, na Escadaria da Capela das Pereiras, com o Tributo ao compositor Fred Ahlert, formação composta por Luísa Matos na voz, Henrique Cruz na guitarra elétrica, João Ferreira no acordeão, Pedro Barreiros no baixo elétrico e Mário Gonçalves na bateria.

Destaque ainda para os seguintes espetáculos: Rui Fernandes Quarteto, A Viola Amarantina, no dia 17 de julho, num concerto com características únicas e que tem como objetivo primeiro divulgar a viola amarantina, contribuindo para que se saiba que, apesar do nome, esta é uma viola do mundo; no dia 28 de julho, a harpista Maria Sá Silva, apresenta o espetáculo Saudade, onde associando os sons melancólicos do fado com a garra associada à música espanhola este concerto de harpa solo junta obras mais clássicas de Granados, Albéniz, De Falla com transcrições para harpa do famoso guitarrista português Carlos Paredes e do seu pai; no dia 29 de julho, Piano a 4 mãos com Ana Queirós e Christina Margotto, com o espetáculo Baladas, melodias e danças populares, com um programa onde estão representados três aspetos universais das tradições de qualquer povo: a canção de ninar, a canção popular/tradicional, e a dança; e por fim, no dia 30 de julho, Ambar, Encontro Portugal-Índia, que através da música, da dança, do imaginário do poeta coletivo, artistas, músicos e bailarinos de Portugal e do estado do Rajastão na Índia, dedicados desde há muito à exploração das tradições e da música de raiz destas regiões, encontram-se em residência artística pela primeira vez e simbolicamente num ano de reestruturação, para criar um espetáculo único.

Todos os espetáculos são gratuitos e de lotação limitada ao espaço.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares