20.1 C
Caminha Municipality
Terça-feira, 9 Agosto, 2022
spot_img
InícioNotíciasPolíticaPolítica: PSD crítica Miguel Alves e diz que “pífio” tem sido o...

Política: PSD crítica Miguel Alves e diz que “pífio” tem sido o processo de descentralização

O presidente da Distrital de Viana do Castelo, Olegário Gonçalves, acusou hoje o presidente do Conselho Regional do Norte, Miguel Alves, de fazer demagogia política quando referiu que o adiamento do referendo da regionalização, proposto por Luís Montenegro, ter sido um momento pífio. “Pífio tem sido o processo de descentralização deste Governo socialista, que esse sim tem causado desagrado em vários municípios, tendo mesmo gerado uma crise nunca antes vista na Associação Nacional de Municípios”, disse o líder distrital.

“Luís Montenegro não rejeitou nem o referendo, nem o processo de regionalização, assunto que não é tabu para o PSD. Luís Montenegro teve uma posição responsável para não levar ao escrutínio da população uma decisão tão importante para o futuro do país com fraquezas na proposta a apresentar”, considerou Olegário Gonçalves.

“Ninguém tem dúvidas que os momentos que vivemos a nível internacional, com os efeitos da guerra, com a subida da inflação geram mais incertezas que certezas. Por isso é prudente adiar a decisão. Não será por isso que a regionalização não avançará. Mas será por isso que ela avançará num processo responsável e sustentado”.

“Miguel Alves devia era dirigir críticas ao seu partido pela forma como está a conduzir a descentralização no país que não tem dado respostas aos municípios. A crise na Associação Nacional de Municípios é o sinal mais evidente disso. O Porto anunciou a sua saída e outros municípios ponderam fazer o mesmo. Isso sim é que é “pífio””, acusou o líder da distrital do PSD.

Olegário Gonçalves considera que as declarações de Miguel Alves fazem parte de uma tentativa de desviar a atenção do que se está a passar no país. “Em poucos meses deste novo Governo, o país está num caos nos serviços de saúde sem que a gestão socialista consiga resolver os problemas existentes. Esta é uma questão que afeta diretamente todos os portugueses, mas parece que para Miguel Alves isto não é importante”, critica Olegário Gonçalves.

O presidente da Distrital estranha ainda que o presidente do Conselho Regional do Norte e autarca de Caminha, não faça uma avaliação justa do que se está a passar no seu partido (PS) na questão do aeroporto do Porto e na localização do novo aeroporto em Lisboa. Com o seu silêncio também deve achar normal o que se passou entre António Costa e o seu Ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos. A ser não será surpresa pois os próprios deputados socialistas na Assembleia da República chumbaram, hoje, a ida do Ministro ao Parlamento para prestar explicações sobre o aeroporto de Lisboa”.

Miguel Alves também não olha para a “situação caótica” que se está a passar com os passageiros nos aeroportos e com as dezenas de cancelamentos de voos da TAP, numa altura fundamental para o Turismo português. E o que temos para resolver este problema por parte do Governo? Uma incapacidade de resposta”, acusa Olegário Gonçalves.

Miguel Alves devia também dirigir críticas ao seu partido pela execução do PRR. “Melhor dizendo, a não execução do PRR, pois os resultados até agora têm sido praticamente nulos”. Não o fazendo as suas declarações “são de uma demagogia política pífia”, concluiu Olegário Gonçalves.

Cidália Aldeia
Cidália Aldeia
Chefe de Redação
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares