21.4 C
Caminha Municipality
Sexta-feira, 24 Maio, 2024
spot_img
InícioNotíciasMundoGaliza: Escritor galego Vicente Vásquez Vidal vence prémio literário Nortear

Galiza: Escritor galego Vicente Vásquez Vidal vence prémio literário Nortear

O vencedor da edição de 2023 do Prémio Literário Nortear de relato curto para jovens da Eurorregião Galiza – Norte de Portugal é o escritor e filólogo galego Vicente Vázquez Vidal, com o conto “Profundo Sem Nome”, foi hoje revelado.

Em comunicado, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Galiza – Norte de Portugal (GNP), um dos promotores da iniciativa, acrescenta que Vázquez Vidal, de 31 anos, natural de Melide (Corunha, Espanha), recebeu a notícia “com emoção e surpresa”, pois “não esperava ganhar”, e disse estar “duplamente feliz”, porque a obra “é uma homenagem ao pai, já falecido”.

Para o júri do concurso, o conto “Profundo Sem Nome” destaca-se “pelo caráter inovador que consiste na introdução de uma nova realidade, virtual, que confere uma existência potencial em mundos paralelos”.

O júri elogia ainda a “mestria do autor na construção da narrativa, o bom ritmo, linguagem e estilo, onde a nostalgia por um tempo perdido, na sequência de uma morte familiar, capturam a atenção do leitor do início ao fim”.

A obra é a primeira em prosa de Vázquez Vidal, que estudou Línguas e Literaturas Modernas na Universidade de Santiago de Compostela e atualmente é docente na Universidade de Lorraine, em França.

Nesta 9.ª edição do prémio Nortear participaram 40 jovens escritores da eurorregião Galiza – Norte de Portugal.

O prémio inclui a quantia de três mil euros e a publicação da obra em português e em galego, e num E-Book.

Este prémio literário é uma iniciativa conjunta do AECT da Eurorregião Galicia – Norte de Portugal, da Consellería de Cultura, Educación, Formación Profesional e Universidades da Junta Galiza e da Direção Regional de Cultura do Norte.

O júri da edição de 2023 foi presidido por Gonzalo Constela, escritor e diretor da Escola Oficial de Línguas de Santiago, Eva Mejuto, escritora, editora e jornalista, Ramón Nicolás, crítico literário e professor da Universidade de Compostela, e Ana Araújo, professora do Ensino Secundário e Técnica Superior da Direção Regional de Cultura do Norte de Portugal.

O AECT GNP considera o prémio Nortear, co-financiado pelo Programa Operativo de Cooperação Transfronteiriça Espanha – Portugal (POCTEP), como um exemplo destacado de “espaço cultural único e partilhado na Eurorregião”.

Ao longo das nove edições, o prémio teve 370 obras apresentadas a concurso, por jovens escritores entre os 16 e 36 anos, dos dois territórios.

Os oito vencedores das anteriores edições foram Lara Dopazo Ruibal, Rui Cerqueira Coelho, Cecília Santomé, Sara Brandão, Sabela Varela, Célia Fraga, Pedro Rodríguez Villar e Marta Pais de Oliveira.

LUSA

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares