13.6 C
Caminha Municipality
Quarta-feira, 21 Outubro, 2020
Início Distrito Caminha Caminha:Trânsito cortado na Rua de São João a partir de segunda-feira

Caminha:Trânsito cortado na Rua de São João a partir de segunda-feira

 

Rua S. João

Com o início da 2ª fase da operação de reabilitação urbana do Centro Histórico de Caminha, a Rua de S. João ficará interdita ao trânsito a partir de segunda-feira, dia 21 de setembro. As cargas e descargas poderão ser efetuadas durante o horário restante, ou seja, a partir das 18h00 e até às 8h00. No período de trabalhos, só serão admitidas exceções, para cargas e descargas, em casos de extrema necessidade e estando
asseguradas todas as condições de segurança. Estima-se que a obra tenha a duração de seis meses.
Durante o dia de ontem foram descarregadas as máquinas e montados os estaleiros que vão dar apoio aos trabalhos da operação de reabilitação urbana do Centro Histórico de Caminha – 2ª fase – na Rua de S. João.
Foi também instalada toda a sinalização e montados equipamentos de segurança.
O condicionamento de trânsito irá vigorar a partir da próxima segunda-feira e previsivelmente durante seis meses, período estimado para a execução da obra. Como referimos, esta limitação do trânsito irá vigorar durante o horário de trabalho da obra, ficando a Rua de S. João aberta ao trânsito, para cargas e descargas, das 18h00 às 8h00. Durante o período em que decorrerão trabalhos em obra (das 8h00 às 18h00), em casos
de expressa necessidade, o acesso à Rua de S. João para cargas e descargas, poderá ser realizado, se se verificarem as condições de segurança para tal, mas sempre com o acompanhamento do diretor de obra ou do encarregado de frente de trabalho.
O presente plano está sujeito a alterações e ajustes (revisões) à medida que os trabalhos decorrerem. Todas as alterações serão comunicadas ao dono de obra, para validação, e convenientemente divulgadas.
Durante o período de duração dos trabalhos será mantida uma equipa de prevenção, que será responsável pela manutenção da sinalização temporária e eventuais reposições necessárias em virtude de ocorrências não previstas, como acidentes ou vandalismos.
Recorde-se que esta operação de reabilitação inclui a renovação das infraestruturas e a requalificação da iluminação pública e traduz-se num investimento de mais de 400 mil euros.
Na 1ª fase procedeu-se à reabilitação de várias artérias do Centro Histórico de Caminha: ruas Ricardo Joaquim de Sousa e Travessa do Tribunal, Largo do Turismo e Largo Dr. Luis Fetal Carneiro, onde se procedeu à qualificação dos espaços, com a renovação de todas as infraestruturas e redes públicas, incluindo a rede de drenagem de águas residuais, pluviais e abastecimento e rede de distribuição de gás natural.

Cidália Aldeia
Cidália Aldeia
Chefe de Redação
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

Lítio: AECT Rio Minho articula posição comum transfronteiriça contra a mineração de lítio

O Movimento SOS Serra d’Arga reuniu, esta terça-feira, em Vila Nova de Cerveira, com a direção do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial do Rio...

Covid 19: Centro Social Paroquial de Moledo testa funcionárias e utentes do Centro de Dia

O Centro Social Paroquial de Moledo está hoje a fazer testes a todas as funcionárias da instituição depois de uma das colaboradoras do apoio...

Caminha: Vereadora Liliana Silva defende amanhã na AR baixa do IVA nos serviços médico veterinários

A vereadora do PSD na Câmara de Caminha, Liliana Silva, acompanhada de Idalina Torres, presidente da direção da associação de defesa dos animais domésticos...

V.N.de Cerveira: Cemitério Municipal aberto nos dias 1 e 2 de novembro mas com restrições

Perante o atual contexto de pandemia Covid-19, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira determina que, nos dias 1 e 2 de novembro,...