20.7 C
Caminha Municipality
Domingo, 13 Junho, 2021
spot_img
InícioDistritoViana do CasteloViana do Castelo: Aprovadas contas da Câmara e Serviços Municipalizados com taxa...

Viana do Castelo: Aprovadas contas da Câmara e Serviços Municipalizados com taxa de execução superior a 84%

O executivo municipal de Viana aprovou o Relatório de Atividades e Prestação de Contas da Câmara Municipal e Serviços Municipalizados de Viana do Castelo, destacando-se uma taxa de execução de 84,2%. O Presidente da Câmara Municipal realçou que, apesar de o ano transato ter sido marcado pela situação pandémica, do ponto de vista da execução orçamental foi “um ano bom”.

“A situação de 2020 foi de profunda anormalidade na vida do município, do país e do mundo e, a partir de março, deixamos de ter uma equivalente à de anos anterior, para passarmos a ter de dedicar muita atenção ao combate à pandemia de covid-19. Apesar de todas as dificuldades, do ponto de vista da execução orçamental foi um ano bom. Conseguimos uma execução orçamental, quer das contas da Câmara, quer dos Serviços Municipalizados que rondou os 84%”, assegurou José Maria Costa.

O edil indicou que a receita que consta do Relatório de Atividades e Prestação de Contas de 2020 “estabilizou”, atingindo valores “muito interessantes” de 70,4 milhões de euros. “Registamos uma ligeira redução do IMT, a derrama desceu ligeiramente, com 3,8 milhões de euros, o que significa que apesar da evolução económica do país, a economia local resistiu bem, o que tem a ver com o nosso ecossistema empresarial que é diversificado e não está dependente apenas de um setor”, explicou o autarca.

Em 2020 foi também alcançada uma “boa poupança corrente, com 11,1 milhões de euros para transferir para investimento”. José Maria Costa frisou que, “nos últimos 10 anos, 2020 foi um dos melhores anos de sempre neste capítulo, mesmo em situação pandémica”, explicando que o concelho de Viana do Castelo é um dos melhores executores de fundos comunitários da região Norte, sendo que a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) é a segunda a nível nacional.

“Um dado muito significativo foi a capacidade de angariação de financiamentos comunitários e de apresentação de bons projetos, o que permitiu o melhor ano de sempre de execução comunitária, mesmo em situação pandémica”, considerou.

Cidália Aldeia
Chefe de Redação
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares