12 C
Caminha Municipality
Quarta-feira, 30 Novembro, 2022
spot_img
InícioNotíciasDistritoPolítica: Miguel Aves mantém recandidatura à distrital do PS de Viana

Política: Miguel Aves mantém recandidatura à distrital do PS de Viana

O presidente da federação distrital do PS de Viana do Castelo, Miguel Alves, disse hoje que mantém a recandidatura a um último mandato àquele órgão partidário, anunciada em agosto, após ter sido nomeado secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro.

“Mantenho a candidatura. Não havendo incompatibilidade formal, o vínculo, o conhecimento do território, a relação com o PS do Alto Minho e a capacidade de transformar o distrito num lugar melhor para viver trabalhar ou visitar, mantém-se inalteráveis”, afirmou o socialista que renunciou ao cargo de presidente da Câmara de Caminha para assumir as novas funções que lhe foram confiadas por António Costa.

Contactado pela agência Lusa, o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro adiantou que vai concorrer às eleições marcadas para 04 de novembro “ainda com mais entusiasmo”.
“Com o absoluto dever de serviço com o Alto Minho e com as pessoas da minha terra”, sustentou.

Em agosto, à Lusa, Miguel Alves justificou a recandidatura à liderança da federação distrital do PS de Viana do Castelo “com o caminho extraordinário que o PS tem feito, de reforço da sua posição e das suas ideias no distrito”.

 

“Neste momento, o PS lidera a maioria das câmaras municipais, tem três deputados de exceção que presidem ou pertencem às comissões mais relevantes da Assembleia da República e tem três alto-minhotos como secretários de Estado do Governo”, afirmou na altura.

 

O líder socialista acrescentou que “o PS do distrito de Viana do Castelo é uma referência a nível nacional, deu um salto de qualidade e prestígio nos últimos anos, é distinguido com momentos de ‘rentrée’ política, jornadas parlamentares, sendo notória a presença constante dos nossos dirigentes e a admiração que têm pelo trabalho dos nossos autarcas”.

“A voz do PS Alto Minho é ouvida e respeitada em todo o país e isto deve-se à qualidade do trabalho das estruturas, dos autarcas e da militância. Candidato-me para fazer mais e para fazer ainda melhor. Estou mais motivado que nunca para dar continuidade ao trabalho desenvolvido”, sustentou.

O socialista de 46 anos adiantou ter “o suporte de toda estrutura socialista, juntando apoios de todos os presidentes de câmara do PS, dos 10 presidentes de concelhia e das presidentes da Juventude Socialista e das Mulheres Socialistas no distrito de Viana do Castelo.

Líder da Federação Distrital do PS de Viana do Castelo há mais de seis anos, Miguel Alves, adiantou que ter assumido a recandidatura na reunião da comissão política da federação realizada no passado dia 5 de agosto.

Na reunião ficaram marcadas as datas das eleições para as concelhias, que decorrerão no dia 07 de outubro, e para a Federação distrital, para 04 de novembro. Já o Congresso Federativo ficou agendado para 19 de novembro, em Melgaço.

Sobre as funções que desempenhava como presidente do Conselho Regional do Norte [órgão consultivo da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N)], adiantou que “haverá novas eleições, brevemente” para a escolha do novo responsável pelo cargo.

“Fui eleito por ser presidente de câmara. Deixando de o ser, deixo de pertencer ao Conselho Regional e, por conseguinte, de o presidir. Haverá novas eleições brevemente”, disse à Lusa o secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro.

Cidália Aldeia
Cidália Aldeia
Chefe de Redação
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares