Podcasts

O atelier de César Marques, arquitecto de Vila Nova de Cerveira, viu recentemente um projecto para uma micro-casa ser reconhecido nos Estados Unidos. O projecto “TreeHouse Unit” recebeu uma menção honrosa na “Microhousing Ideas Competition”, promovida pela “Denver Architectural League”. Com uma abordagem conceptual baseada na estrutura de uma árvore, o projecto apresenta um edifício com oito habitações para construção junto a um rio. É uma casa muito engraçada mas, ao contrário daquela que é cantada pelos célebres compositores brasileiros Vinicius de Moraes e Toquinho, na canção “A Casa”, estaLer mais
  Humildade, camaradagem, boa disposição, entreajuda. São estes os quatro pilares da Desnível Positivo – a Associação Desportiva e Recreativa Luso-Galaica criada há menos de dois anos no concelho de Caminha (por escritura, a 18 de Janeiro de 2012) e que nos últimos meses tem registado um crescimento que está a deixar “assustados” os fundadores. Insatisfeitos com o clube espanhol onde praticavam uma modalidade que combina a corrida com a caminha em cenários de natureza, Pedro Gonçalves e o galego Fran decidiram criar, em terras lusas, o seu próprio clube.Ler mais
Contamos-lhe a história e os feitos de um português mundo fora. Engenheiro civil, é vice-presidente da Câmara do Comercio Polónia-Portugal, director de uma das 100 maiores obras de engenharia portuguesas no mundo no século XX, e ainda comendador, condecorado recentemente pelo presidente da República Portuguesa com a Ordem de Mérito Civil. Chama-se António Manuel Oliveira Soares de Castro, tem 57 anos e apesar de ter nascido no Porto e trabalhar longe da terra natal, traz Caminha e o Alto Minho no coração. “Eu nasci no Porto mas a família porLer mais
Uma nova loja, com um novo design e mais de 100 metros quadrados de área de venda foi recentemente inaugurada pela Camipão em Moledo. Situado junto à estação de caminho de ferro, o novo espaço aposta na melhoria do serviço que diariamente é prestado pela empresa nos mais de 10 pontos de venda espalhados por um vasto território. A comemorar 40 anos de existência, a Camipão tem projectos para crescer no futuro, como revela ao Jornal C o sócio gerente, José Presa. Uma campanha de aniversário vai oferecer aos clientes,Ler mais

Em Junho 12, 2013Por Cidália AldeiaEm Empreende +, Podcasts, Rubricas - Artigos

Quebrarco-Carvão Lda.

Eu tenho um sonho… É “neta” de uma empresa centenária de Lisboa e está instalada na Zona Industrial de Vila Praia de Âncora. Chama-se Quebrarco-Carvão Lda, dedica-se à importação e distribuição de carvão vegetal no Norte de Portugal e na Galiza, e recentemente estabeleceu um protocolo com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e com a Câmara de Caminha, com vista à realização de um estudo que permita perceber se é possível transformar, de forma rentável, algumas plantas invasoras em carvão vegetal. A ideia nasceu de “um sonho”Ler mais
  Se não é a mais antiga, é seguramente uma das instituições mais antigas do concelho e uma das misericórdias mais antigas do país. Fundada em 1516, a Santa Casa da Misericórdia de Caminha (SCMC) prepara-se para comemorar, em 2016, 500 anos de existência. Fundada 18 anos depois da primeira Misericórdia do país, a de Lisboa, a instituição caminhense assume à data o mesmo compromisso que a sua congénere de Lisboa, fundada em 1498 pelo Frei Miguel Contreiras, com o apoio da rainha D. Leonor, de quem era confessor. CelisaLer mais
Um jovem empreendedor de Ponte de Lima que desenvolveu um conceito de railes de proteção rodoviária fabricados a partir de pneus reciclados foi distinguido recentemente no concurso de ideias inovadoras promovido pelo BICMINHO. Igor Ribeiro, de 28 anos, apresentou o “BINOV”, um novo sistema de protecção rodoviário composto por materiais reciclados, mais leve e seguro do que os atualmente utilizados nas rodovias europeias. No âmbito deste projecto, desenvolvido em parceria com outros três jovens empreendedores minhotos, o jovem licenciado em Química pela Universidade do Minho, identificou um problema grave nos actuais sistemas deLer mais
Começou a trabalhar aos 11 anos como aprendiz de construção e actualmente, com 70, ainda se encontra no activo. Francisco Rodrigo Guerreiro da Silva, natural de Lanhelas, é um dos fundadores da Cooperativa de Construção Lanhelense, empresa formada em 1987 e constituída por 7 irmãos. Regressado do ultramar em 1966, onde esteve a cumprir serviço militar, Francisco Silva começou a trabalhar por conta própria executando várias construções, entre elas as obras de adaptação do Internato do Arcebispo Silva Torres, para Escola Preparatória. Em 1973, mais precisamente em Abril, é-lhe concedido alvaráLer mais