Política

A Comissão Política Distrital do PSD de Viana do Castelo veio, através de comunicado, congratular-se e enaltecer a decisão do PSD Nacional de escolher a cidade de Viana do Castelo para a realização do 38.º Congresso Nacional do Partido Social Democrata. Para Carlos Morais Vieira “esta decisão da Comissão Política Nacional, que muito honra todos os militantes, órgãos do partido e autarcas de todo o distrito de Viana do Castelo, reconhece o trabalho levado a cabo pelo PSD no Alto Minho que nas últimas Eleições Autárquicas duplicou o número deLer mais
   Formalizou-se no dia 7 de novembro a constituição das comissões parlamentares especializadas na Assembleia da República. Os deputados do Partido Socialista eleitos por Viana do Castelo integram no total oito comissões. Assim, a deputada Marina Gonçalves, que é também vice-presidente da bancada responsável pelas áreas da habitação, do trabalho e da segurança social, integra como efetiva a Comissão de Trabalho e Segurança Social e como suplente a Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação e a Comissão de Orçamento e Finanças. A deputada Anabela Rodrigues integra como efetivaLer mais
No próximo dia 8 de novembro, pelas 21h00, os socialistas do Alto Minho vão reunir-se em Vila Nova de Cerveira para debater o Programa de Governo. Este encontro, em plenário de militantes, pretende ser um momento de exposição e de debate do Programa do Governo que é a linha orientadora da ação do Executivo para os próximos quatro anos e contará com a presença de Nelson de Souza, atual Ministro do Planeamento do XXII Governo Constitucional. O Plenário de Militantes terá dois momentos. Um primeiro de exposição das linhas orientadorasLer mais

Em Outubro 31, 2019Por Cidália AldeiaEm Política

Deputada Marina Gonçalves estreia-se no Parlamento

Na primeira sessão parlamentar depois da tomada de posse, a deputada Marina Gonçalves interpelou o Primeiro-Ministro no âmbito da discussão do Programa do Governo sobre a necessidade de promover medidas concretas com vista a uma maior justiça fiscal.  Salientou a necessidade de continuar a revisão dos escalões de IRS e de reduzir as iniquidades na distribuição do esforço fiscal, salientando a importância de reduzir as desigualdades e a importância que as medidas fiscais têm para esse desígnio.Ler mais
A propósito do Plano de atividades e Orçamento para 2020, aprovado ontem em reunião de Câmara, os vereadores do PSD emitiram uma nota de imprensa onde tecem duras criticas ao documento aprovado pela maioria socialista mas que mereceu os votos contra dos vereadores sociais democrtas. Para a bancada do PSD, “o Orçamento serve para fazer jogo político e não se adapta à realidade económica e social do concelho. Foi, ontem, a aprovação em reunião de Câmara o documento de Grandes Opções do Plano e Orçamento, cuja nota enquadradora, subscrita peloLer mais
Realizou-se no passado dia 26 de outubro a 1ª Convenção Autárquica do Partido Socialista de Caminha, que decorreu no Teatro Valadares, no Museu Municipal e na Biblioteca Municipal de Caminha. Em comunicado, a concelhia do PS avança que “a Convenção contou com mais de 100 autarcas e militantes do Partido Socialista, onde foi exposto o balanço da gestão autárquica nestes dois anos, que marcam o meio do atual mandato. O Partido Socialista abriu-se à sociedade civil e contou com inúmeros participantes que apresentaram projetos privados que pretendem concretizar no concelhoLer mais
Marina Gonçalves, deputada socialista eleita pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo, foi eleita Vice-Presidente da bancada do PS. A jurista de Caminha foi proposta por Ana Catarina Mendes, nova líder da bancada do PS, para a direção de bancada ao lado de nomes como os de José Luís Carneiro (futuro Secretário Geral Adjunto do PS), Hugo Pires (membro do Secretariado Nacional do PS), Hortense Martins, Pedro Delgado Alves ou Maria Begonha (líder da Juventude Socialista). A percentagem de 46% de mulheres na bancada socialista merece sublinhado, sendo Ana CatarinaLer mais
“CAMINHA QUEREMOS TE OUVIR O nosso concelho atravessa tempos difíceis e sem precedentes. Anos de políticas centradas no endeusamento/diabolização dos seus actores mergulhou a estrutura económica do município numa profunda degradação, cujas consequências se prolongarão por largos anos, causando sérias dificuldades a uma restruturação célere que urge por em marcha. O PSD está convicto que os caminhos traçados na propaganda e no diabolizar dos antecessores não nos leva pelo bom caminho. A estratégia escolhida pelo Partido Socialista à frente dos destinos do concelho centrada nos meios de comunicação e naLer mais