Em 12 Junho, 2018 Por Em Caminha

Juntas de Argela e Vilar de Mouros unem-se à Câmara para levar a fibra ótica até às suas freguesias

A rede fibra ótica que tem vindo a ser instalada nos últimos meses no concelho de Caminha vai chegar a mais duas freguesias, totalizando um investimento de 1.5 milhões de euros.

Argela e Vilar de Mouros assinaram ontem um protocolo com a Câmara de Caminha, mediante o qual se comprometem a comparticipar financeiramente com um montante de 10.500 euros. A freguesia de Argela comparticipa com 3 mil euros, e a de Vilar de Mouros 7.500 euros.

Este esforço financeiro que estas duas juntas vão ter que fazer vai permitir resolver problemas de receção de sinal naquelas duas freguesias.

Para Sandra Ranhada, presidente da Junta de Freguesia de Argela, esta é uma boa notícia para a freguesia pois vai permitir aos seus habitantes navegarem com maior eficácia na internet, o que até agora não acontece.

Também Carlos Alves, presidente da Junta de Vilar de Mouros, se congratulou com este protocolo. Para o autarca daquela freguesia uma rede de internet eficaz é fundamental.

O presidente da Câmara de Caminha diz que a instalação da rede nestas duas freguesias corresponde a uma segunda fase que não estava planeada mas que faz justiça às duas freguesias.

Miguel Alves fez questão de sublinhar dois aspetos em relação a esta segunda fase.

Rede de fibra ótica vai ser alargada a mais duas freguesias do concelho de Caminha.

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação