Em 9 Julho, 2018 Por Em Cultura

Ikfem: VI Edição realiza-se de 20 a 24 de Julho

O IKFEM – International Keyboard Festival & Masterclass inaugura dia 20 de Julho no Passeio Fluvial de Tui com um programa de homenagem a todos os que foram afectados pela explosão na fábrica de material pirotécnico em Tui, no passado mês de Maio, e que resultou em dois mortos e 37 feridos. Junto à margem do Rio Minho, a sexta edição começa com os concertos de Júlio Resende, que apresenta o espectáculo “Amália, Fado & Further”, e Najla Shami, que traz “Latitudes”, mas também oferece outras actividades como aulas de yoga, prática de actividades aquáticas e animação infanto-juvenil. Uma inauguração com forte vertente solidária que contará com a presença dos que foram afectados pela explosão de Tui.

Empenhado na divulgação cultural e do património, uma vertente pedagógica, social e solidária, o IKFEM 2018 tem como tema “Women Sound”. Nesta edição, que se realiza de 20 a 24 de Julho, o festival vai homenagear as mulheres do mundo da música de forma abrangente: na programação, com concertos de artistas reconhecidas; na abordagem temática do repertório; e nas várias actividades culturais paralelas. Depois da inauguração, no Passeio Fluvial de Tui, dia 21, o IKFEM muda-se para a Fortaleza de Valença do Minho onde se vão realizar os concertos do pianista António Oliveira, que apresenta “Diálogos de Género”, e da fadista Maria Ana Bobone, com “Piano & Fado”.

Domingo, dia 22, no mesmo local, o destaque vai para a homenagem a Eugenia Osterberger pela pianista Beatriz López-Suevos, a soprano Susana de Lorenzo e a investigadora Rosario Martínez que vão dar a conhecer, num concerto comentado, a obra da compositora e pianista galega nascida na segunda metade do século XIX. Haverá também um concerto de piano a quatro mãos, “Las Danzas de la Vida”, pela directora do IKFEM, Andrea González, e Daniel Pereira.

Dias 23 e 24, o IKFEM volta para Tui. Segunda-feira actua Fernando Miguel Jalôto na Catedral, com “Concerto de Música Barroca para Órgão no Feminino”; e terça-feira, a pianista Rosa Torres-Pardo, a cantora Rocío Márquez e a actriz Clara Muñiz encerram o IKFEM com o recital “Desconcierto”, que terá lugar no Teatro Municipal de Tui. Haverá ainda um encontro aberto com a gaiteira e pianista Cristina Pato intitulado “Trascendiendo Disciplinas: El Artista Sostenible del siglo XXI”, dia 24, na sede da Universidade Nacional de Educação à Distância.

Todas as actividades são de entrada gratuita, excepto o concerto de encerramento com Rosa Torres-Pardo, Rocío Márquez e Clara Muñiz, que terá um valor simbólico de 4 euros. Os bilhetes podem ser adquiridos no Teatro de Tui uma hora antes do início do concerto.

Mais informação em: https://www.ikfem.com/

 

Tags : , , ,

Acerca de

Miguel Estima