16 C
Caminha Municipality
Sexta-feira, 14 Agosto, 2020
Início Notícias Cultura III Ciclo de Jazz de Valença

III Ciclo de Jazz de Valença

Começa já no próximo sábado 7 de Março e estende-se até 16 de Maio, a terceira edição do Ciclo de Jazz de Valença do Minho. São seis concertos com  Miguel Ângelo Utopia a dar o pontapé de saída até ao Filipe Teixeira Trio a fechar. Todos os concertos são de entrada livre e começam às 21h30.

 7 de Março | 21h30 – Auditório CILV

M A U – Miguel Ângelo Utopia

(Miguel Ângelo, Miguel Moreira, Mário Costa)

MAU é o novo projecto liderado pelo contrabaixista Miguel Ângelo, e UTOPIA é o título do disco de estreia deste trio.Segundo uma das várias definições da palavra forjada por Thomas More, “UTOPIA” é um sistema ou plano que parece irrealizável. Este é o pressuposto deste trio e deste disco, que cada tema escrito ou improvisado seja a expressão sincera e intencional de cada elemento e que, no seu somatório, produza a Utopia da coisa realizada!

 

 21 Março | 21h30 – Quinta do Caminho

Rogério Francisco Quarteto – “The Dark Jungle”

(Rogério Francisco, António Pedro (AP), Carlos Garrote, Miguel Sampaio)

“The Dark Jungle” é o primeiro projeto do grupo liderado por Rogério Francisco e que apresenta um conjunto de temas originais. Com uma vasta paleta melódica e harmónica, onde a variedade rítmica é o fator chave para o desenrolar da música escrita e improvisada, o grupo procura criar vários ambientes sonoros com o objetivo de envolver os ouvintes numa viagem exuberante e sinuosa.

 

 3 de Abril | 21h30 – Auditório CILV

Kasual Quartet

(Pablo Garrido, Ramiro Entenza, Manuel Lisboa, Diego Hernández)

Kasual Quartet é o resultado de estudo em conjunto, amizade e muito vontade de aprender e evoluir. Pablo Garrido (Saxofone), Ramiro Entenza (Guitarra), Manuel Lisboa (Contrabaixo), Diego Hernández (Bateria)

 

 18 Abril | 21h30 – Quinta do Caminho

Nuno Trocado apresenta: Naiad Splash

(Nuno Trocado, João Pedro Brandão, Hugo Ciríaco)

Em estreia absoluta, Nuno Trocado apresenta Naiad Splash, com música para guitarra eléctrica e dois sopros, sendo acompanhado por João Pedro Brandão na flauta e saxofone alto e Hugo Ciríaco no saxofone tenor. Nuno Trocado é um guitarrista e compositor que cruza várias constelações musicais contemporâneas. Interessa-se em especial pela combinação entre a espontaneidade da improvisação e o rigor da composição algorítmica, pelo ruído nas suas várias acepções e pela colaboração com outros músicos e artistas de diferentes disciplinas. Nuno Trocado é licenciado em Jazz/Guitarra e mestre em Composição e Teoria Musical pela Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo, no Porto.

 2 de Maio | 21h30 – Auditório CILV

Fuzzo

(Virxilio Da Silva, Xan Campos, Chus Pazos)

Fuzzo é mais uma marca na culatra da arma, de uns músicos que se sentem confortáveis no fio da navalha. Esta formação reúne a três estrelas do panorama do jazz galego: Virxilio Da Silva na guitarra, Xan Campos nos teclados e Chus Pazos na bateria. Definem-se a si mesmos como uma banda de improvisação livre cumulativa, convertendo os seus concertos numa verdadeira experiência de êxtase selvagem e criativo. De tudo o que estes músicos fazem, pode-se dizer que são especialmente habilidosos na desconstrução de desenhos e ideias musicais, com uma estética próxima ao rock psicodélico e á música electrónica sem deixar a improvisação como canal fundamental de expressão plástica e musical.

 

 16 Maio | 21h30 – Quinta do Caminho

Filipe Teixeira Trio – TAO

(Filipe Teixeira, João Mortágua, Acácio Salero)

“Tao” é um vocábulo chinês usualmente traduzido para português como “a Via” ou “o Caminho” e que, segundo a filosofia taoista, representa a unidade indiferenciada da multiplicidade de tudo o que existe e o processo contínuo de transformações naturais que nela ocorrem. Neste disco o processo de escrita e interpretação foram pensados de forma a reflectirem a dinâmica espontânea das “dez mil coisas” que existem nessa multiplicidade una. Aqui se manifestam o Yin, João Mortágua no saxofone alto; o Yang, Acácio Salero na bateria e o Filipe Teixeira no contrabaixo.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Populares

V.P.Âncora: Bebé em estado grave depois de sofrer queimaduras no corpo

Um bebé de ano e meio ficou em estado grave depois de sofrer várias queimaduras no corpo, ao início da tarde desta quinta-feira, em...

Covid19: mais seis mortos e 325 novos casos em Portugal em 24 horas

A Direcção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quinta-feira a existência de 1.770 mortes e 53.548 casos de COVID-19 em Portugal, desde o início da...

Caminha: Câmara vai reforçar policiamento no Centro Histórico a partir de amanhã

A partir de amanhã, sexta-feira, dia 14 de agosto, o Centro Histórico de Caminha vai contar com um reforço de patrulhamento e vigilância da...

Distrito: Movimento SOS Serra d’Arga pede audiência com o Ministro do Ambiente e Transição Energética

O Movimento SOS Serra d'Arga enviou, pela via disponibilizada legalmente para o efeito e dentro do escasso tempo dado pelo Governo, o seu parecer...