Em 14 Agosto, 2019 Por Em Não Catalogada

‘Cultos Medievais’ trazem mais decoração e animação de rua à Festa da História 2019

Três portas de entrada e oito torres erigidas no perímetro do centro histórico vão anunciar o regresso de Vila Nova de Cerveira à Idade Média. De 22 a 25 de agosto, a edição 2019 da Festa da História aposta na promoção d’ “Os Cultos Medievais”, através de um cenário ainda mais condizente com a época e da dinamização de um maior número de espetáculos de rua, diurnos e noturnos, de forma a envolver os milhares de visitantes.

Considerada uma das 12 feiras medievais a nível nacional de visita obrigatória neste verão (Sapo Viagens), a Festa da História de Vila Nova de Cerveira tem surpreendido em cada edição, com uma programação atrativa, diversificada e interativa. A edição 2019 prevê quatro dias de uma viagem no tempo onde os hábitos e as vivências, a arte e os ofícios vão estar em destaque.

Este ano, o roteiro medieval cerveirense apresenta-se com uma decoração ainda mais intensa e apelativa, uma maior circulação diurna dos grupos de animação pelas ruas do centro histórico, e a realização dos espetáculos durante o período noturno. Não obstante, a área alimentar também cresce e passa a estar concentrada em dois espaços: além da Praça Alto Minho, a rua junto ao Arquivo Municipal vai ser fechada ao trânsito para acolher as dezenas de taberneiros que, ano após ano, manifestam interesse em aderir à Festa da História.

Pelas diversas ruas do centro histórico e no Baluarte de Stª Cruz, cerca de 150 mercadores e artesãos, oriundos de várias regiões de Portugal e de Espanha, apresentam as iguarias e os produtos da época, convidando a uma experiência mística e inesquecível.

Entre reis e rainhas, cavaleiros e donzelas, o povo e clero, todos são convidados a desfrutar de espetáculos de teatro, música medieval avulsa e em concerto, sons da harpa, danças orientais, falcoaria real, malabarismo e acrobacias, demonstração de serpentes, diversos ofícios, torneios a cavalo, espetáculos de fogo, totalizando mais de 50 momentos de animação de rua constante.

Mais uma vez, o Município de Vila Nova de Cerveira e a Associação Velha Lamparina incutem o conceito e a vivência das feiras medievais junto do público infantil, proporcionando atividades divertidas em perfeita harmonia com a família. Vai estar disponível uma zona de jogos infantis, onde sobressaem os jogos tradicionais, os carrosséis medievais e uma zona de entretenimento a cargo da empresa Animak, bem como está prevista a participação de um grupo de 60 crianças no cortejo medieval que marca o arranque do certame.

Acerca de

Rui Lopes