13.4 C
Caminha Municipality
Domingo, 9 Maio, 2021
spot_img
InícioDistritoCaminhaCaminha: Paróquia de São Miguel de Azevedo festeja 400 anos em 400...

Caminha: Paróquia de São Miguel de Azevedo festeja 400 anos em 400 dias

A paróquia de Azevedo foi criada em 3 de abril de 1621 pelo Arcebispo
Primaz D. Afonso Furtado de Mendonça. Este sagrou a ermida de S. Tomé,
edificada em 1513, dedicando-a ao Arcanjo S. Miguel e transformando-a em
Igreja Matriz da nova freguesia de Azevedo.

Esta Paróquia silenciosamente começou um ano de preparação para as
celebrações dos 400 anos a 3 de abril de 2020, com a celebração da
Eucaristia. Como as celebrações públicas estavam suspensas, a Eucaristia
foi transmitida. A partir desse dia o Povo de Azevedo foi convidado a orar
e a meditar no melhor e possível modo de celebrar o IV centenário da
fundação da Paróquia.

No dia 3 de abril deste ano, após o grande silêncio de sexta-feira e de
sábado, os filhos da Igreja (os da freguesia) reuniram-se às 21:00 para
celebrar a vigília pascal, iniciando assim um tempo de ressurreição, vida e
celebração pelos 400 anos desta comunidade cristã. A Paróquia tentará ao
longo de 400 dias saborear esta efeméride. As celebrações terminarão no dia
8 de maio de 2022, na festa de “S. Miguel das flores”, dia em que, segundo
a tradição litúrgica antiga, era celebrada a memória das aparições de S.
Miguel.

168635158_817340282226051_9210762394448736491_n

Para assinalar esta data estão pensadas algumas iniciativas, nomeadamente a publicação de um livro com a História e as histórias de Azevedo; reunir 400 amigos que têm por tarefa todos os dias rezar a “oração pela Paróquia de S. Miguel de Azevedo”; fazer uma colectânea com 400 personalidades ligadas de algum modo à Paróquia de Azevedo, o que obrigará à investigação escrita (em bibliotecas e arquivos) e oral (junto dos mais velhos acerca do que é dito e sabido); iniciar um centro de estudos sobre S. Miguel e todos os Anjos na Paróquia; terminar as obras de restauro e conservação da Igreja Paroquial.

Outras iniciativas estão a ser pensadas, como por exemplo um monumento
comemorativo, mas ainda não está decidido.

O objectivo principal das comemorações é essencialmente missionário,
fazendo com que cada pessoa se identifique mais com a Paróquia que, apesar
de ser pequena em número de habitantes, é ilustre na sua História e nas
suas gentes.

Cidália Aldeia
Cidália Aldeia
Chefe de Redação
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Mais Populares