Todas as notícias por Rui Lopes

Rui Lopes

Está a decorrer, até 11 de novembro, o período de inscrições para a participação no Mercado Natalício e Presépio Vivo 2018 de Vila Nova de Cerveira. Este ano, a programação “Na’tal Cerveira” arranca mais cedo e com mais dias de animação nas ruas, de 7 a 9 de dezembro. Em dezembro, a magia do Natal volta a invadir o centro histórico cerveirense, contagiando o espírito de moradores e de visitantes. Ano após ano, a Câmara Municipal é já uma referência na oferta de uma programação natalícia atrativa e diversificada, comLer mais
A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou na passada quinta, por unanimidade, a intenção de adjudicar a construção dos novos acessos rodoviários ao Porto de Mar por mais de 5,3 milhões de euros. A proposta, agora aprovada, vai seguir para o Tribunal de Contas, com a expetativa de consignação da obra no final de janeiro de 2019, com prazo de execução de 18 meses. O desenvolvimento da obra será garantido através do protocolo adicional na comparticipação financeira da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL)Ler mais
A Câmara Municipal de Caminha decidiu prorrogar, até 31 de dezembro, o prazo da isenção de 50% as tarifas devidas pela ligação à rede pública de drenagem de águas residuais na freguesia de Âncora. São várias as artérias abrangidas por esta medida, na freguesia de Âncora, onde as obras de execução da rede se encontram em fase de conclusão. A decisão foi tomada ontem pelo Executivo reunido em sessão ordinária. A empreitada da execução de rede de drenagem de águas residuais domésticas na Avenida Paulino Velho Gomes, Rua da Torre,Ler mais
De forma a não onerar a carga fiscal das famílias e das empresas, incentivando à sua permanência e fixação no concelho, a Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira decidiu manter, para o próximo ano, o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a Derrama nos valores mínimos exigidos por lei. Objetivo é continuar a política de baixa fiscalidade iniciada em 2015. A carga fiscal municipal aplicada em Vila Nova de Cerveira assume um caráter socialmente responsável, por um lado pela consolidação das contas públicas e pela concretização de investimentos consideradosLer mais
A Câmara Municipal reúne amanhã, dia 7 de novembro, quarta-feira, em sessão ordinária. Da ordem de trabalhos fazem parte várias propostas entre as quais o Regulamento do Regime Especial de Esterilização de Animais de Companhia. A reunião terá lugar pelas 15H00, no Salão Nobre do edifício dos Paços do Concelho, em Caminha. No domínio da saúde pública, saúde e bem-estar animal e defesa do meio ambiente, o Município de Caminha pretende adotar e implementar uma política de gestão que conduza à redução do abandono animal e ao aparecimento de colóniasLer mais
É já no sábado, dia 10 de novembro, que arranca a segunda edição do Festival de Teatro de Viana do Castelo, que vai decorrer até dia 18 de novembro, na Sala Principal e no Café Concerto do Teatro Municipal Sá de Miranda, em Viana do Castelo. Do moderno teatro português mas, também de Espanha e, em particular, da Galiza, serão apresentadas obras de companhias emblemáticas como O Teatrão, Companhia de Teatro de Almada, Companhia de Teatro de Braga, Teatro das Beiras, Tranvía Teatro, de Saragoça, Ensemble – Sociedade de Actores,Ler mais
De 11 de novembro a 14 dezembro Caminha vai recordar o Armistício. “Do Armistício da Grande Guerra ao Assassinato de Sidónio Pais” é o nome do evento, que incluirá uma homenagem aos mortos da Grande Guerra, exposição colóquio, conferências, cinema e mostra bibliográfica. As várias iniciativas repartem-se entre Caminha e Vila Praia de Âncora. Será mais de um mês de actividades, numa organização que junta a Câmara Municipal de Caminha, o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais e a Freguesia de Caminha e Vilarelho. Embora o programa arranque efectivamente no domingo,Ler mais
A Ecopista do Rio Minho dominou as intervenções, quarta-feira, na reunião descentralizada realizada na freguesia de Lanhelas. Junta e lanhelenses estão de acordo e elegem a via como prioridade, designadamente as ligações a Norte (Gondarém) e a Sul (Seixas). Mas se a primeira está praticamente resolvida, a passagem a Sul é problemática e enfrenta a oposição de um particular, que não permite a passagem junto ao rio. A população, que se manifestou neste e noutros fóruns, rejeita uma eventual opção pela EN13, mas ficou esclarecido que a Câmara só temLer mais