Em 13 Junho, 2018 Por Em Caminha

Antoninas de Venade presididas pelo Bispo D. Anacleto Oliveira

Anualmente, em Junho, em Venade, há a comemoração das Antoninas: a festa da família e do pão. Durante os dias antoninos a família é soberana, pois a “sua soberania é indispensável ao bem da sociedade” (João Paulo II, Carta às Famílias). Os mais novos e os mais velhos são estimulados a participarem com toda a família.

Neste ano, como nos outros, o convite é dirigido a todas as famílias: porque não passar estes dias em família, vivendo várias atividades repletas de valores e valor?

Preside neste ano às festas Antoninas o sr. D. Anacleto, Bispo de Viana do Castelo, que estará em visita pastoral à Paróquia de Venade nos dias das festas.

No primeiro dia do mês de junho começou a trezena de Santo António: seguiram-se 13 dias de oração e espiritualidade antonina, tendo a celebração eucarística como o centro da vivência dos dias!

No sábado, dia 16 de junho, às 15:30, o sr. Bispo terá um encontro com as “forças vivas” das Paróquias, incluindo os casais de Santo António na Casa do Adro. Às 17:20 entregar-se-ão as flores e ramos a Santo António. Este gesto, feito pelos devotos, antecede o espetáculo musical “de Nandinho a Santo António” feito pelo Grupo de Santa Teresinha.

No domingo,  17 de junho, D. Anacleto Oliveira chega ao Largo do Cruzeiro do Senhor dos Aflitos às 09:30. Aí é recebido ao som do “hino do Prelado de Viana do Castelo”, entoado pelo Grupo Coral e o repenique dos sinos. No final é-lhe entregue um saco, contendo o nome das famílias da Paróquia e dos casais de Santo António (toda a igreja está ornamentada com algumas dezenas de sacos de pano, representando o saco da caridade com que Santo António distribui o pão).

Na celebração dos 50 anos do falecimento do Reverendo Padre Aparício, a lembrança dos Padres de Venade ao longo dos tempos: em toda a extensão da “Rua Padre Serro”, estarão assinalados os Sacerdotes de que a Paróquia tem conhecimento e pelos quais reza. São 54 ao todo.

Serão lembrados também nesta exposição os casamentos celebrados na Paróquia de Santa Eulália de Venade nos últimos 100 anos.

Já dentro do templo, o senhor Bispo tem um momento de oração diante do Santíssimo Sacramento no sacrário e, estando tudo preparado, começa a celebração com a romagem ao cemitério e oração pelas Almas do Purgatório. De um modo especial rezar-se-á pelos falecidos que viveram a vocação matrimonial.

Terminada a romagem no cemitério, todos se dirigem imediatamente para a igreja, excepto os casais de Santo António, que ficam no cruzeiro paroquial com o sr. Bispo para a tradicional fotografia. Após esse momento, entram na igreja ao som da marcha nupcial, como nos casamentos. Há um momento de oração para todos e, em seguida, começa a eucaristia, em que farão os casais a renovação dos votos matrimoniais e receberão a bênção. Farão também a consagração do lar a Nossa Senhora. Termina a celebração com a bênção e distribuição do “pão de Santo António”.

No final da Eucaristia, o senhor Bispo dirige-se à Casa do Adro, onde haverá um almoço-convívio preparado com todas as iguarias trazidas pelas pessoas que a este momento se quiserem associar. Este será um momento para viver em família mais alargada, um “pic nic” aberto a toda a comunidade, onde toda a gente pode colaborar e conviver. Será, com toda a certeza um momento de união com o nosso Pastor!

Assim terminam as Antoninas, esta festa plena de flores e pão: é a festa do lar!

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação