Em 19 Setembro, 2018 Por Em Vila Nova de Cerveira

XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira encerra com festa aberta ao público

Após mais de 40 dias de evento, a XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira promove a sua festa de encerramento no próximo dia 22 de setembro (sábado), no Fórum Cultural de Cerveira. Voltando-se a afirmar como um dos eventos obrigatórios do calendário cultural português a edição comemorativa dos 40 anos, ficará marcada pela representação de 600 obras de 400 artistas de mais de 30 países e pela homenagem ao último dos surrealistas portugueses, o mestre Cruzeiro Seixas.

O programa de encerramento, aberto ao público e gratuito, terá início às 18h00 com um momento musical, e com a entrega dos prémios aos artistas vencedores do Concurso Internacional.
O artista contemporâneo português Manoel Barbosa, referência da primeira geração de artistas que inscrevem a performance-musico-experimental, apresentará às 19h00 a performance “Muurmlgr”. Outro dos momentos a destacar será a atuação, às 22h00, a solo e ao piano de António Pinho Vargas, um dos mais reputados músicos portugueses da atualidade.

De acrescentar que no âmbito de uma parceria com a CP – Comboios de Portugal, nos dias 22 e 23 de setembro, sábado e domingo, os visitantes poderão beneficiar de 30% de desconto em viagens de ida e volta com destino à Estação de Vila Nova de Cerveira.

Voltando-se a realizar em anos pares, a XX Bienal Internacional de Arte de Cerveira está de portas abertas até domingo para celebrar quatro décadas de existência. O destaque da edição é o artista homenageado Cruzeiro Seixas, representado numa exposição retrospetiva da sua obra plástica e poética, composta por 120 peças provenientes de coleções públicas e privadas.

Acerca de

Rui Lopes