Em 3 Abril, 2019 Por Em Política

Portinho de V.P.A. e Ponte entre Caminha e A Guarda de novo em cima da mesa na AR

Alerta foi feito ao Ministro do Planeamento Nelson de Souza, no âmbito da Comissão da Economia, Inovação e Obras Públicas

 

No âmbito da Comissão da Economia, Inovação e Obras Públicas, a deputada Liliana Silva alertou para o problema do Porto de Mar em Vila Praia de Âncora e para a necessidade da Ligação Rodoviária Internacional entre Caminha e La Guardia.

O Quadro 2030, conforme o desenho conhecido à data, tem uma forte abrangência para a frente atlântica. As prioridades de execução de fundos devem ser direcionadas não só para a criação de novos Portos de Mar, conforme têm vindo a ser anunciados, mas também para a remodelação dos já existentes, alguns dos quais são fontes inesgotáveis de despesa do Estado, devido aos milhões de euros do erário público usado para os constantes desassoreamentos.

Esta seria uma boa forma de gestão dos dinheiros públicos, resolvendo problemas estruturais crónicos e uma forma de utilizar os fundos comunitários para potenciar a economia do mar através da mitigação de problemas específicos e concretos.

Por outro lado, e uma vez que o Ministro referiu durante a reunião da Comissão, que pretendia utilizar os fundos para melhorar a qualidade de vida das populações, a deputada Liliana Silva, lembrou sobre a necessidade e a importância da Ligação Rodoviária Internacional entre Caminha e La Guardia, como forma de alavancar a economia de um concelho e de um distrito. Sensibilizou para o facto deste grande projeto precisar, indiscutivelmente, de vontade governativa da tutela para o inscrever nas novas linhas de financiamento.

O Sr. Ministro do Planeamento, Nelson de Souza, não fechou a porta a esta sugestão e disse que estando próximo o debate sobre o Quadro 2030 irá continuar brevemente o diálogo sobre esta matéria entre o Governo e a Assembleia da República.

“Boas notícias para uma luta de anos”, considerou a deputada.

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação