Opinião

Em Setembro 14, 2018Por Cidália AldeiaEm Opinião

A “Cestada” e a Juventude!

É difícil falar sobre um evento destes… Somos jovens e modernos e portanto não é suposto nos identificarmos com “as tradições das aldeolas”…E a pouco mais do que isto se resume a ideia dos jovens actuais acerca da Cestada… Sim, aqueles que se dizem de mentalidades abertas, sem preconceitos e muito modernos! Mas eis que se experimenta uma “Cestada” e o espírito parece que se entranha nas nossas vísceras… O sorriso inunda os lábios de toda a gente, desde crianças a velhos, e ninguém resiste a uma festa como esta!Ler mais

Em Junho 4, 2018Por Cidália AldeiaEm Opinião

A pobre e limitada discussão sobre a eutanásia

Na passada 3ª. Feira, dia 2018.05.29, a Assembleia da República discutiu e votou 4 propostas de vários partidos sobre a legalização da eutanásia. Os 4 projectos foram chumbados pelos votos dos deputados. Mas as diferenças não foram tão grandes quanto isso, entre quem votou a favor e quem votou contra os projectos. Quero antes de tudo fazer a minha declaração de interesses sobre este importante assunto: Sou Enfermeiro, fiz um juramento no dia da minha formatura, juramento de Florence Nightingale, que a determinado momento, jurei …respeitar a vida desde aLer mais
Quando escrevo estas letras, tomo conhecimento do falecimento do Sr. Dr. António Arnaut, aos 82 anos, tido como “Pai” do Serviço Nacional de Saúde” (SNS). Há coincidências na vida, que nos levam a pensar e a meditar nos acontecimentos. Celebra-se este ano o 39º. aniversário, no nascimento do SNS. Num ano, tal como os últimos anos, que se vem verificando um desinvestimento neste serviço, a degradação das carreiras dos profissionais, particularmente dos ENFERMEIROS PORTUGUESES, e a falta de resposta a muitas das necessidades da população, com listas de espera paraLer mais
A Internet das Coisas como base tecnológica para apoio à gestão diária de uma Instituição de Solidariedade Social  Luís Barreto, subdiretor da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e natural de Moledo foi agraciado com a publicação de um capítulo num livro de edição internacional sobre Soluções Tecnológicas para a Inclusão Social. Segundo Luís Barreto, o artigo aborda a utilização das novas tecnologias de informação e comunicação e da Internet das Coisas, para apoiar a gestão diária de uma Instituição de Solidariedade Social. LuísLer mais
Caríssimos concidadãos do Alto Minho; desde há algum tempo atrás tomamos conhecimento do «desaparecimento» da Ponte Eiffel que permitiu por tantos anos dar continuidade à Linha do Minho “galgando o Rio Âncora”, para que os Comboios seguissem o seu percurso mais para Norte, tendo a Ponte Eiffel sido votada ao «desprezo». Quer-nos parecer que existe neste caso uma incompreensão muito grande relativa a essa infraestrutura retirada do seu leito de origem, e que pelo que pudemos apurar, se encontra abandonada entre ervas e arbustos, de uma empresa de candeeiros –Ler mais
Excelentíssimo Senhor Presidente da República Portuguesa Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa Palácio de Belém Calçada da Ajuda 1349-022 Lisboa   Data: 2018.04.02   Excelência,   Sou Humberto José Pereira Domingues, Enfermeiro de profissão, com a Especialidade em Saúde Comunitária. Sou um defensor do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Permita-me Vossa Excelência, Senhor Presidente, que me dirija em carta aberta, a fim de, para além de dar conhecimento da minha preocupação sedimentada em anos de trabalho e auscultação da sensibilidade de inúmeros colegas e apelar à atenção de Vossa ExcelênciaLer mais

Em Março 23, 2018Por Cidália AldeiaEm Opinião

A Vigília Pascal

O simbolismo fundamental da celebração litúrgica da Vigília é o de ser uma “noite clara”, ou melhor «a noite que brilha como o dia e a escuridão é clara como a luz». Na noite, em que Jesus Cristo passou da morte à vida, a Igreja convida os seus filhos a reunirem-se em vigília e oração. Na verdade, a Vigília pascal foi sempre considerada a mãe de todas a vigílias e o coração do Ano litúrgico. A sensibilidade popular poderia pensar que a grande noite fosse a noite de Natal, masLer mais

Em Outubro 19, 2017Por Cidália AldeiaEm Opinião

“Halloween” e “Mês das Almas”

Desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar “Todos os Mártires”. Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV († 615) dedicou a “Todos os Santos” o panteão romano. Com o passar dos séculos passou a celebrar-se a solenidade de “Todos os Santos” no dia 1 de novembro. Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de TodosLer mais