Política

Liliana Silva, vereadora pelo PSD na Câmara Municipal de Caminha, vai assumir as funções de deputada na Assembleia da República (AR) eleita por Viana do Castelo. A autarca laranja vai ocupar o lugar deixado vago por Luís Campos Ferreira que, recorde-se, renunciou ao mandado no início deste mês. De referir que, na lista do PSD/CDS-PP, Liliana Silva ocupava o sexto lugar. Nas legislativas outubro de 2015, a coligação de direita elegeu Carlos Abreu Amorim, Luís Campos Ferreira, Emília Cerqueira (pelo PSD) e Abel Batista (pelo CDS-PP). Entretanto, em julho do ano seguinte, o deputado centristaLer mais
Os vereadores do PSD manifestaram, através de comunicado, a sua preocupação para o facto da Câmara de Caminha ser a “única” Câmara do distrito que ainda não procedeu aos descongelamento  das carreiras. No documento, os vereadores chamam a atenção para “a entrada em vigor do Orçamento de Estado de 2018 teve como efeito o início do descongelamento de carreiras na administração pública, incluindo também a administração local, e que se irá concretizar ao longo de dois anos, com efeitos a 1 de janeiro de 2018. Em termos práticos, o artigoLer mais
“Em reunião realizada na manhã de 25 de outubro com os Vereadores do PSD de Caminha, o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Miguel Alves, apresentou as principais linhas orientadoras do Orçamento para o ano de 2019. Entre o rol de medidas elencadas pelo Presidente da Câmara, que vão merecer a análise e discussão por parte dos Vereadores do PSD na próxima reunião de Câmara de quarta-feira, foi possível perceber que, além do aumento de diversos impostos, das tarifas da água e outras medidas, a Câmara de Caminha irá recorrerLer mais
A Comissão Política Concelhia do PSD vai a votos no próximo sábado dia 20 de outubro. José Luís deverá suceder a Liliana Silva para um mandato de dois anos. Ao que o Jornal C conseguiu apurar, a lista encabeçada pelo ex-presidente da junta de Azevedo e deputado da Assembleia municipal, deverá ser únics. Em entrevista ao Jornal C, o candidato refere que a sua candidatura ao órgão, sob o lema “Valorizar Caminha”, surgiu de uma forma “muito simples” Fortalecer e enriquecer ainda mais o PSD Caminha, é o grande objetivoLer mais
“O PSD Caminha tem alertado publicamente para a falta de transparência existente no Município de Caminha em diversas áreas e agora vê as suas constatações corroboradas pelo estudo efetuado pelo TIAC ( Transparência, Integridade, Associação Cívica) e os seus parceiros. Caminha , em 2013 estava na posição 42ª e desceu, em 2016, para a posição 160ª, o que na altura já chocou bastante todos os munícipes. Lembramos ainda que o Município de Caminha , em 2013, também estava no topo dos índices de qualidade de vida e neste momento, estáLer mais
No dia 7 de abril pelas 16:30h, na União de Freguesias de Reboreda e Nogueira em Vila Nova de Cerveira, decorreram as eleições para os novos Órgãos Sociais da Delegação Distrital da ANAFRE (Associação Nacional de Freguesias) de Viana do Castelo 2018/2021. Encabeçando uma lista multipartidária, Luís Matias, foi novamente reeleito como Coordenador Distrital da Anafre de Viana. Esta reeleição tem o timbre do reconhecimento por parte das Freguesias associadas, pelo trabalho desenvolvido e empenho dedicado à causa pública ao longo dos últimos quatro anos. Nestas funções, Luís Matias, surgeLer mais
Expressivo claro e clarificador, é assim que o socialista Miguel Alves classifica os resultados alcançados pela sua candidatura na passa sexta-feira nas eleições para a liderança da federação distrital do PS do Alto Minho. Em declarações à Rádio Caminha, Miguel Alves diz que estas eleições foram uma reedição de um debate iniciado há dois anos. O presidente reeleito dos socialistas do Alto Minho venceu com 68% dos votos. Para o futuro Miguel Alves elege três grandes objetivos: Ganhar as eleições legislativas, no Alto Minho e no país, ganhar as eleições europeias,Ler mais
Numa pergunta dirigida ao Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, a deputado do CDS-PP Ilda Araújo Novo quer confirmação do anunciado encerramento do Centro de Acolhimento Temporário – Benjamim, em Seixas, Caminha, da APPACDM de Viana do Castelo. A deputada do CDS-PP questiona também se o Ministro está em condições de assegurar que os 11 jovens e crianças que o CAT Benjamim acolhe atualmente serão transferidos para outras instituições do distrito de Viana do Castelo, se confirma a intenção da APPACDM de Viana do Castelo de recolocar apenas algunsLer mais