Ponte de Lima

O romance “A casa de Real”, da autoria de José Luís da Costa Sousa, vai ser apresentado no próximo dia 28 de outubro, pelas 15h00, no Auditório da Biblioteca Municipal de Ponte de Lima. Trata-se da produção literária de estreia do escritor vianense que tem dedicado a sua vida profissional à área das Ciências da Educação, exercendo em diversas escolas do ensino secundário e superior, no país e no estrangeiro. Sobre o autor: José Luís da Costa Sousa nasce a 20 de setembro de 1948 em Viana do Castelo. FinalizaLer mais
‘Rota das Lagoas de Bertiandos e São Pedro de Arcos’ é mais um dos percursos pedestres que os municípios de Caminha e A Guarda vão promover no âmbito das iniciativas conjuntas da candidatura do Estuário do Rio Minho a Paisagem Cultural da UNESCO. Este último percurso, “Andainas”, terá lugar dia 7 de outubro, pelas 07H30. Com esta iniciativa pretende-se dar a conhecer os territórios de ambas as margens do Rio Minho e promover a cooperação e o intercâmbio cultural entre os dois povos, isto é promover a riqueza histórica, cultural,Ler mais
No âmbito da política de Reabilitação Urbana, dinamizada pelo Executivo Municipal de Ponte de Lima, procedeu-se no passado domingo, 17 de setembro, à inauguração dos Centros Cívicos de Gondufe e Vitorino dos Piães. Em Gondufe a intervenção incluiu a criação de um campo de futebol em relva sintética para a prática de futebol de cinco, protegido por áreas de segurança aos utilizadores. Na construção deste novo equipamento foi tida em consideração a sua valorização estética, inserindo-o na paisagem. Assim, a parte sobrante da área em questão, tem revestimento vegetal eLer mais
“Esta é uma terra de história (…) e este é um dia de grandes emoções e que ficará para a história deste concelho.” Foi desta forma que o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima iniciou o seu discurso durante a inauguração do novo Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima. A abertura oficial do Pavilhão de Feiras e Exposições contou com a participação dos Grupos Folclóricos do concelho que em simultâneo dançaram o Vira do Minho e o Vira Geral, proporcionando um espetáculo de cor eLer mais
Procurando identificar as necessidades da população, o Município tem vindo a dirigir esforços para a área do investimento público, demonstrado grande capacidade de resposta, ao articular infraestruturas com as necessidades dos munícipes. Dados por concluídos os trabalhos no Centro Cívico, o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, revelou que este era “um dos grandes compromissos (…) para este mandato, e (…) também o legítimo anseio de toda esta população”. O espaço sujeito a intervenção beneficiou de um considerável aumento. Agora redefinido, está totalmente acessívelLer mais
A estrutura de desenvolvimento do Concelho de Ponte de Lima, carateriza-se em grande parte pela sua enorme apetência para dirigir esforços e empregar ativos na área do investimento público. Aplicado sobretudo na construção e beneficiação de infraestruturas, este investimento tem um impacto positivo na vida dos cidadãos. Neste contexto de atuação, o Município inaugurou o Complexo Desportivo do Triunfo. Este que é o produto resultante da empreitada de “Construção de Relvado Sintético – Complexo Desportivo de Crasto”. A área que conta agora com um campo de futebol de relva sintéticaLer mais
“Este é um dia muito importante para a Correlhã, cumprimos um objetivo da Junta de freguesia e da Câmara Municipal para este mandato”, disse ontem o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, na cerimónia de Assinatura do Auto de Consignação da Ampliação e Beneficiação da Antiga EB1 da Correlhã, que decorreu nas instalações do referido edifício. A proposta de intervenção tem como objetivo recuperar o imóvel para fins administrativos preservando a imagem da fachada principal – a mais representativa – e respeitando ao máximo aLer mais
O Município de Ponte de Lima consegue a nível nacional, conforme publicado no Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, posicionar-se no 12.º lugar dos municípios com menor Índice de Dívida Total, sendo este um indicador da capacidade da autarquia em cumprir com os seus compromissos e obrigações ao nível dos encargos financeiros assumidos. O Peso do Passivo Exigível no Ativo, sendo um rácio entre as dívidas a pagar e os Ativo Total (sem contabilizar os Bens de Domínio Público) é também ele indicador da maior importância para a avaliação e mediçãoLer mais