Em 30 Maio, 2019 Por Em Distrito, Ponte de Lima

Ministro da educação preside à inauguração do 15º Festival Internacional de Jardins

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues é o convidado de honra para a inauguração oficial do 15º Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima – FIJ que vai decorrer amanhã.

A história do projeto FIJ começou há década e meia com a requalificação da margem direita do rio Lima, ocupando o que era uma antiga quinta minhota, localizada entre as pontes romana e da Nossa Senhora da Guia.  De inspiração no famoso Festival de Jardins francês de Chaumont-Sur-Loire, o FIJ é um laboratório de criação contemporânea dentro do domínio dos jardins e criação, uma sucessão a caminho dos 15 ciclos, ainda em fase ascendente.

Comprometido com questões ambientais, o Festival Internacional de Jardins põe em marcha uma revolução silenciosa, sensibilizando a comunidade para a integração das artes em prol da sustentabilidade.

O Festival que marca tendências na área do “Garden Design”, alertando em paralelo para o risco de exploração intensiva de recursos sensíveis, tem sido premiado internacionalmente, destaque para a distinção “Garden Tourism Award” em 2013, em Toronto, no Canadá, e da seleção para integrar a comunidade do Europe for Festivals, Festivals for Europe, há dois anos atrás.

Do universo de propostas submetidas, o júri composto por especialistas nas áreas de Arquitetura Paisagista, Jardinagem, Espaços Verdes, Botânica, Artes Plásticas, e Design, selecionou 11 jardins, que se vão associar ao “Jardim de Microclimas” da Holanda, o mais votado pelos visitantes da última edição.

Subordinado ao tema “Jardins do Fim do Mundo”, a presente edição conta com criações provenientes da Alemanha, Argentina, Áustria, Brasil, China, Espanha, Itália, Portugal e República Checa.

Neste contexto convidamos o V/ órgão de comunicação a acompanhar a cerimónia de abertura oficial, com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, na próxima sexta-feira, 31 de maio, às 17 horas.

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação