Em 16 Maio, 2018 Por Em Caminha, Distrito

Inaugurada há menos de uma semana obra do Cais dos Pescadores já tem reclamações

A obra do Cais dos Pescadores foi inaugurada pela Ministra do Mar há menos de uma semana e já é alvo de contestação por parte de alguns pescadores que não concordam com a solução encontrada.

É o caso Noé Guimarães que, em declarações aos jornalistas, chamou a atenção para algumas deficiências do novo Cais. O pescador diz estar indignado com a obra.

Estevão Silva aponta o assoreamento do rio como o principal problema e diz que os 15 metros de canal dragado não é nada.

Quanto à obra do Cais Estevão Silva diz que está excecional. Em 50 anos de mar o pescador diz que nunca viu o cais assim.

Augusto Porto, presidente da Associação de Pescadores de Caminha, lamenta que os reparos que agora estão a ser feitos à obra não tivessem sido apresentados no dia da inauguração do Cais, altura em que estavam presentes todos os responsáveis e técnicos pela obra.

Quanto ao desassoreamento da Foz o presidente da Associação lembra que seriam necessários muitos milhões de euros de investimento e muitos pareceres, uma tarefa quase impossível.

Quanto aos problemas detectados Augusto Porto lembra que o auto de consignação da obra ainda não está concluído e há problemas que estão a ser resolvidos.

Inaugurada há menos de uma semana obra do Cais dos pescadores já tem reclamações.

 

 

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação