Em 22 Maio, 2018 Por Em Opinião

Docente e investigador de Caminha com capítulo em publicação internacional

A Internet das Coisas como base tecnológica para apoio à gestão diária de uma Instituição de Solidariedade Social

 Luís Barreto, subdiretor da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e natural de Moledo foi agraciado com a publicação de um capítulo num livro de edição internacional sobre Soluções Tecnológicas para a Inclusão Social.

Segundo Luís Barreto, o artigo aborda a utilização das novas tecnologias de informação e comunicação e da Internet das Coisas, para apoiar a gestão diária de uma Instituição de Solidariedade Social. Luís Barreto refere que faz parte da Direção de uma IPSS do concelho de Caminha há cerca de 20 anos, e que sempre admirou o trabalho realizado pelas funcionárias e pelas pessoas que de forma voluntária ajudam no desenvolvimento das atividades destas instituições.

“Desde que faço parte da Direção de uma IPSS que sempre pretendi criar um sistema baseado nas novas tecnologias que permitisse apoiar a gestão diária desse tipo de instituições. Os desafios económicos e sociais sentidos nos últimos anos, por causa da onda de impacto da crise financeira, foram de certa forma atenuados pelo trabalho silencioso proporcionado pelas instituições do terceiro setor. Por essa razão, o desenvolvimento de soluções e aplicações tecnológicas para as instituições privadas de solidariedade social foi sempre um grande desafio para garantir a sua sustentabilidade e eficiência ao longo do tempo. A adoção de tais soluções deve ser adequadamente concebida para melhorar a eficiência das rotinas diárias e para atender e incluir todos os utilizadores, ao mesmo tempo em que tenta reduzir a alfabetização tecnológica. Com o desenvolvimento esta estrutura tecnológica é possível fazer o controlo das tomas de medicamentes, é possível saber de um utente em apoio domiciliário mantem os seus indicadores vitais estáveis, é possível de forma automática gerar alertas sempre que um utente se afasta mais do que uma distância pré-definida da Instituição. Esta estrutura tecnológica só é possível agora com a massificação da Internet da Coisas e dos novos sistemas de comunicação móvel!”

Luís Barreto é membro da área científica de Eletrotecnia e Informática. A sua formação académica de base incide em Engenharia Eletrotécnica e Telecomunicações, tendo depois avançado com Mestrado em Informática, e o Doutoramento em Engenharia Eletrotécnica. As “Tecnologias de Informação e Comunicação como fatores de Inclusão Social“, “A Segurança em Redes e Sistemas” e mais recentemente “A indústria 4.0 e a Internet das Coisas” e “A Mobilidade Sustentável”, constituem, como refere o próprio, as suas áreas de interesse em investigação.

Pode aceder a um excerto da publicação em: https://www.igi-global.com/chapter/development-of-a-framework-for-technological-embedding-in-private-social-solidarity-institutions/204711

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação