Em 16 Abril, 2019 Por Em Caminha

Contas relativas ao exercício de 2018 aprovadas pela maioria socialista

O executivo camarário aprovou ontem, com os votos contra do PSD, o documento de prestação de contas relativo ao exercício camarário de 2018.

Segundo Miguel Alves, presidente do executivo caminhense, o documento reflete a difícil situação financeira da Câmara de Caminha, mas ainda assim melhorou em alguns aspetos quando comparado com os anos anteriores.

Como nota “menos positiva”, Miguel Alves aponta um resultado líquido negativo de um milhão e quinhentos mil euros.

A dívida de curto prazo também subiu mas ainda assim há números animadores que segundo Miguel Alves mostram que o executivo está no bom caminho.

O presidente da Câmara aproveitou para lembrar que apesar de todas as dificuldades, 2018 foi um ano marcado por muita obra e muito investimento.

O PSD votou contra as contas de 2018, Liliana Silva explicou à Rádio Caminha porquê.

Contas relativas ao exercício de 2018 aprovadas pela maioria socialista.

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação