Em 9 Fevereiro, 2018 Por Em Caminha, Distrito

Caminha: Procura pelos peregrinos do caminho de Santiago cresceu 46% em 2017

São cada vez mais os peregrinos do Caminho de Santiago que procuram o concelho de Caminha. Este número cresceu 46% em 2017, relativamente ao ano anterior e os dados ficarão até aquém da realidade, já que são aferidos apenas tendo em conta os peregrinos que procuram os postos de turismo. Para o presidente da Câmara, “os números revelam a importância que o Caminho de Santiago tem para o nosso território e o acerto que o Município tem tido nesta aposta. No ano passado investimos 230 mil euros no reforço da sinalização, na criação de novos canais informativos e na divulgação”.

O aumento extraordinário da procura em 2017 tem em conta, como referimos, a comparação feita com o ano de 2016 e a avaliação realiza-se de acordo com os peregrinos que foram aos postos de turismo de Vila Praia de Âncora e de Caminha, sendo que cada peregrino corresponde a um único registo no concelho, não havendo registos duplos em Caminha e VPA.

Assim, em 2017 passaram pelos Postos de Turismo do concelho 4676 peregrinos. Em 2016 tinham passado 3203. Mas há muitos mais peregrinos que passam e não se deslocam aos postos de turismo. Estes são os que lá vão para carimbarem a Compostela.

“Hoje, o Caminho Português da Costa afirma-se com crescimentos anuais na ordem dos 40%”, reforça Miguel Alves, afirmando que estes “são motivos mais do que suficientes para continuar a trabalhar na comunicação, na valorização do património e no envolvimento com os empresários e a comunidade. Fizemos muito, mas há ainda muito mais por fazer. Este ano vamos continuar o trabalho e criar novos projetos que possam marcar, ainda mais, a passagem de cada peregrino pelo concelho de Caminha”.

Curiosamente, a maior percentagem de peregrinos não é de nacionalidade portuguesa. O país que trouxe mais peregrinos ao concelho é a Alemanha: 22%, ou seja, quase um quarto dos peregrinos são alemães. A segunda nacionalidade é a portuguesa (12%), seguida da Espanha (8%), França (7%), Itália e Reino Unido (6%). Destaque ainda para a América do Norte (Estados Unidos e Canadá trouxeram, em conjunto, cerca de 450 peregrinos) e para a Polónia, Austrália e República Checa, com mais de uma centena de pessoas, de cada nacionalidade, a visitar o concelho de Caminha.

Ao todo, foram registadas 45 nacionalidades diferentes, entre as quais peregrinos de Cuba, Japão, Índia ou Malásia.

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação