Em 14 Setembro, 2018 Por Em Opinião

A “Cestada” e a Juventude!

É difícil falar sobre um evento destes… Somos jovens e modernos e portanto não é suposto nos identificarmos com “as tradições das aldeolas”…E a pouco mais do que isto se resume a ideia dos jovens actuais acerca da Cestada… Sim, aqueles que se dizem de mentalidades abertas, sem preconceitos e muito modernos!

Mas eis que se experimenta uma “Cestada” e o espírito parece que se entranha nas nossas vísceras… O sorriso inunda os lábios de toda a gente, desde crianças a velhos, e ninguém resiste a uma festa como esta! E muito menos os jovens! E porquê?

Pois bem, em primeiro lugar, o convívio! Pessoas de todas as idades e de todos os sítios vêm até Venade para partilhar e recordar! Partilham as suas experiências e/ou recordam outros tempos! Tempos de muito trabalho em que se dependia na sua totalidade das terras, mas tempos alegres em que a desfolhada e a vindima eram isso mesmo: convívio!

Em segundo lugar, a diversão! É impossível não rir com as cantorias, os beijinhos e as brincadeiras que a desfolhada e a vindima proporcionavam e continuam a proporcionar! Aquela espiga vermelha, aquele pisar das uvas, aquele moço mais malandro que quer arranjar uma namorada! Qual é o jovem que resiste a uma bela noite de risadas?

Em terceiro lugar, o conhecimento! A realidade é que nós, jovens actuais, podemos perceber muito de como se usa o facebook, mas muito pouco sabemos de como os nossos avós viviam… A “Cestada” não é tradição pois é muito recente, são ainda só 9 anos de festa, mas é um recolher de tradições que nos mostram como de verdade se viviam noutros tempos. E esses tempos não foram há assim tanto tempo quanto isso! E por isso mesmo a Cestada se torna também importante para os jovens! Aprendemos uma realidade que para nós é desconhecida: a desfolhada e as vindimas. Não digo que seja para todos, mas para muitos é garantidamente!

E poderia continuar a escrever muitos mais motivos para não se resistir à “Cestada”… Mas isso seria desembrulhar demasiado a surpresa… Podemos afirmar que nós vamos vestir os nossos trajes (sim, desvendamos mais um pouco da surpresa) e ajudar à festa o máximo que conseguirmos para proporcionar a todos uma verdadeira experiência tradicional de Cestada!

 

Um dos elementos do Grupo de Jovens JP2

Acerca de

Cidália Aldeia

Chefe de Redação